Música

Empresa do Blackswan e integrantes se pronunciam sobre polêmica de Bullying

No último dia 12 o grupo se envolveu em uma polêmica de bullying, onde Leia, a integrante brasileira, e Fatou, a integrante belga-senegalesa do Blackswan, trocaram acusações e indiretas através de suas redes sociais

3 min de leitura
22 Nov 2021 - 19h00 | Atulizado em 22 Nov 2021 - 19h00

Após a polêmica sobre bullying no Blackswan, iniciada quando um familiar próximo de Leia, integrante brasileira do grupo, fez uma denúncia à uma fanbase da cantora afirmando que ela estava sofrendo bullying de Fatou e Youngheun, sendo intimidada e oprimida, a empresa responsável pelo grupo se pronunciou através de uma nota.

 

"O Black Swan é um grupo que acabou de começar a chamar a atenção e possui integrantes de várias nacionalidades, idiomas e culturas. Portanto, é um time em que opiniões e culturas coexistem e o respeito e compreensão são mais necessários do que em outros grupos de K-Pop", começa o comunicado emitido pela DR Music.


 

Blackswan em seu clipe mais recente, Close to Me. (Foto: Reprodução/Youtube)


"Em relação aos fatos internos terem sido distorcidos, a DR Music Entertainment pede sinceras desculpas. Às vezes, quando várias pessoas trabalham juntas, vários tipos de conflitos ocorrem na equipe. Chamamos isso de disputa construtiva. Essas disputas construtivas entre os membros para aumentar a integridade não devem ficar presas em um recorte de bullying e promover a discórdia dentro da equipe. Conversamos muito com as integrantes nos últimos dias. Todos nós percebemos que o incidente mostrou, mais uma vez, o quanto são importantes umas para as outras", continua.

 

"Leia e Fatou vão provar que a amizade não mudou por meio das próximas atividades de promoção. (...) Pedimos que parem com qualquer tipo de insulto aos membros, famílias e comentários e ações racistas", diz a empresa. Eles ainda explicaram o motivo da demora em um pronunciamento, já que decidiram resolver o conflito internamente antes de se comunicarem com os fãs.

 

Leia, integrante brasileira do Blackswan, está sofrendo bullying de colegas de grupo

Os vencedores e os detalhes do American Music Awards 2021

Cantora Iza performa seu novo single no Fantástico

 


Logo após a publicação da nota, o grupo realizou uma live em comemoração, onde comemoravam o aniversário de Youngheun, e aproveitaram para se pronunciar sobre o caso.

 

Youngheun declarou que elas decidiram pedir desculpas pela polêmica nesta transmissão ao vivo, pois  elas queriam transmitir seus sentimentos sinceros pessoalmente. Ela disse que durante as promoções, por estarem ocupadas e estressadas, as membros estavam sensíveis.

 

Leia explica que o incidente do dia 25 de outubro, onde Fatou afirma que explodiu com ela, foi real e verdadeiro, assim como os outros citados por Fatou via stories. Leia continuou, dizendo que contou à família sobre a briga entre ela e Fatou e, devido a diferenças culturais, sua família entendeu tudo errado e que, após a polêmica estourar, ela se desculpou com Fatou, Judy e Youngheun, as outras 3 integrantes do Blackswan. 


 

Da esquerda para a direita: Leia, Youngheun, Fatou e Judy. (Foto: Reprodução/Instagram)


Em seguida, Leia declara que, após o término das promoções, ela voltará ao Brasil para visitar a família, fazer uma pausa para se refrescar e cuidar de sua saúde mental.

 

No fim da transmissão ao vivo, todas se desculparam pela confusão e controvérsia e afirmam que querem trabalhar para melhorar a sua imagem no futuro.

 

Foto destaque: Blackswan realizou uma live para comemorar o aniversário de Youngheun. Reprodução/Youtube

Deixe um comentário