Celebridades

Empresa de Rezende entra com processo contra Virgína Fonseca, ex do youtuber

Ambos tiveram um término calmo e amigável. Entretanto, os tempos mudaram, e os dois se veem em um entrave jurídico que já vai se desenhando há quase seis meses.

3 min de leitura
10 Set 2021 - 14h55 | Atulizado em 10 Set 2021 - 14h55

A agência ADR, que agencia o youtuber Rezende, de 25 anos, entrou com processo contra Virgína Fonseca, ex-namorada do artista. O motivo seria o fato da youtuber não repassar o valor de R$4 milhões em lucros, previstos em contrato. A modelo foi agenciada pela empresa durante o relacionamento com o influencer, o qual teve fim em agosto de 2020.

 As duas celebridades estiveram juntas durante um período de mais de dois anos. Terminaram o namoro em abril do ano passado porém, por conta de gravações na casa “Rezende Evil”, mantiveram a relação profissional. O anúncio chocou fãs e seguidores, os quais desejam a volta de ambos atualmente.

 Tudo indicava que o pós-término seria bastante calmo, já que Virgína, na data em que declararam o fim da ligação amorosa, realizou um texto demonstrando todo seu amor e carinho por Rezende, afirmando que “irá amá-lo para sempre” e que ele foi “a pessoa que deu uma oportunidade a ela”. “Mais um ciclo se encerra, o nosso relacionamento! Saiba que vou te amar para sempre, não como namorado, mas como parceiro de trabalho, uma pessoa que me deu uma oportunidade e acreditou em mim quando nem eu mesmo acreditava”, escreveu ela.


Virgínia Fonseca escreve mensagem de fim de relacionamento com Rezende. (Foto: Reprodução/Instagram)


No entanto, as coisas desandaram e, no momento, os dois se encontram em uma batalha judicial. O começo desse entrave surgiu no início deste ano, quando Virgínia abriu uma ação contra o empresário exigindo R$10 mil de indenização e reconhecimento de seu vínculo empregatício, incluindo o não pagamento de sua multa rescisória antecipada do contrato. A empresária, inclusive, abriu sua própria empresa, a Talismã Digital, além de sua clínica de estética SK.

Antes de tudo, ela tentou entrar em acordo com a ADR, a qual recusou a oferta e moveu um processo contra a artista, pedindo o pagamento integral das verbas rescisórias previstas em contrato e não pagas por Fonseca. O custo é de R$4 milhões e, segundo mensagem da assessoria de imprensa da empresa em questão, não envolve diretamente seu dono, o próprio Rezende.

 A carta foi enviada ao colunista Leo Dias, do Metrópoles, esclarecendo a disputa e confirmando que o youtuber “não está completamente envolvido no caso”. “Pessoalmente, o Rezende não está diretamente envolvido nessa questão. Ele tem sócios na ADR, sua agência de marketing de influência, que estão tocando essas questões burocráticas. O contrato, que foi rompido de forma unilateral pela influenciadora, está seguindo o processo de tramitação normal de execução”, dizia no conteúdo.

 

https://lorena.r7.com/post/Tiago-Leifert-anuncia-saida-da-Rede-Globo-Em-dezembro-vou-me-despedir

https://lorena.r7.com/post/Douglas-Souza-relata-homofobia-em-aeroporto-na-Holanda-Situacao-constrangedora

https://lorena.r7.com/post/Bianca-Andrade-e-Fred-comemoraram-o-primeiro-ano-de-namoro

 

 A agência, ainda, explicou o motivo do valor a ser pago pela ex de Rezende e reforçou o desejo do influenciador. “O valor da causa é baseado no que a agência fomentou para a influenciadora, ou seja, uma fração do que foi gerado em publicidades e demais ganhos. Rezende reforça que está tranquilo e prefere não se envolver com essas questões. Seu foco é continuar gerando conteúdo e fomentar os demais agenciados pela ADR”, escreveu.

Rezende e Virgína, após um ano do rompimento do relacionamento amoroso, demonstram que ambos seguiram seus caminhos. O artista continua com suas produções de conteúdo a todo vapor enquanto a modelo, se encontra casada com o cantor Zé Felipe, filho de Leonardo. Virgínia inclusive tem uma filha de três meses com seu marido.

 

(Foto destaque: Rezende e Virgínia Fonseca. Reprodução/Instagram).

Deixe um comentário