Notícias

Embrião de dinossauro é encontrado na China

O embrião de dinossauro, que preparava para sair do ovo, encontrado em Ganzhou, no sul da China, está perfeitamente preservado, mesmo após 66 milhões de anos.

3 min de leitura
22 Dez 2021 - 16h07 | Atulizado em 22 Dez 2021 - 16h07

Embrião preservado de dinossauro, que se preparava para sair do ovo, é encontrado por cientistas em Ganzhou, no sul da China. Os pesquisadores acreditam que seja um dinossauro terópode desdentado ou oviraptorossauro, que tenha pelo menos 66 milhões de anos. Ele foi batizado de Baby Yingliang.

Oviraptorossauros, ou "lagartos ladrões de ovos", eram dinossauros do período Cretáceo Superior, momento da história que ocorreru entre 100 milhões a 66 milhões de anos atrás. Atualmente, essa região do Cretáceo equivale a Ásia e a América do Norte.

https://lorena.r7.com/post/Em-3-anos-de-gestao-Bolsonaro-desmatamento-cresceu-79-diz-levantamento

https://lorena.r7.com/post/E-SUS-Notifica-volta-ao-ar-11-dias-apos-ataque-hacker

https://lorena.r7.com/post/Rio-de-janeiro-e-liberado-para-o-carnaval-2022-diante-do-cenario-atual


Yingliang mede 27 cm de comprimento e o ovo em que repousa tem aproximadamente 17 cm de comprimento. Atualmente, ele se encontra no Museu de História Natural da Pedra de Yingliang, na China, onde serão feitos mais estudos acerca do embrião.

Para o pesquisador Fion Waisum Ma esse é "o melhor embrião de dinossauro já encontrado na história", visto que, a descoberta foi crucial para uma maior compreensão da conexão entre os dinossauros e os pássaros modernos. O fóssil apresentou características onde é possível perceber o embrião em uma posição enrolada, um comportamento visto em pássaros pouco antes do nascimento.

Para o pesquisador, "isso indica que esse comportamento nos pássaros modernos se originou e evoluiu primeiro entre seus ancestrais dinossauros."


Imagem ilustrativa (Foto: AFP/ Universidade de Birmingham / BBC News Brasil)


Steve Brusatte, paleontólogo que também participou da equipe de pesquisa do embrião disse em um tweet que esse é "um dos fósseis de dinossauros mais impressionantes" que ele já tinha visto.

Apesar da notícia ser recente, o ovo foi encontrado em 2000, porém, foi guardado por 10 anos. Somente com a volta das obras de construção do museu, velhos fósseis foram separados e então, os pesquisadores voltaram a analisar o ovo.

Para avançar nas análises, os pesquisadores usarão técnicas de varredura avançadas para mais chances de se obter uma imagem completa do esqueleto de Baby Yingliang, visto que, ainda, boa parte de seu corpo está coberto por rochas.

Foto Destaque: Foto: AFP / BBC News Brasil

Deixe um comentário