Em entrevista a Roberto Cabrini, Anderson chora e MC Maylon relembra episódio do motel

Publicado 15 de Feb de 2021 às 18:00

Na noite do último domingo (14), o Domingo Espetacular, da Record TV, mostrou a entrevista do jornalista Roberto Cabrini com o dançarino MC Maylon e o cantor Anderson Leonardo, vocalista do grupo Molejo. O jovem de 21 anos acusou Anderson de estuprá-lo em dezembro de 2020.

MC Maylon reafirmou a denúncia à equipe da Record TV. Além disso, ele afirmou ter entrado em depressão, e que até tentou tirar sua própria vida após o ocorrido. Por outro lado, o cantor continua negando os fatos e apresenta uma versão diferente dita pelo dançarino.

Em entrevista, Maylon contou que o encontro dos dois, que aconteceu em 11 de dezembro de 2020 em um motel, seria só uma reunião profissional para apresentá-lo um "hit". Em contrapartida, Anderson afirma que o encontro sexual já havia sido combinado posteriormente de maneira consensual. Enquanto Maylon dizia que eles era bem próximos: "Ele era um pai, um amigo", Anderson discorda e alega que essa proximidade nunca existiu, nem pessoal ou profissionalmente.


Roberto Cabrini fala com MC Maylon e Anderson Molejo (Vídeo: Reprodução/YouTube/Record TV)


Sobre o episódio ocorrido no motel, as versões se diferenciam. O jovem conta que ficou retraído e desconfortável assim que chegou no motel. "Ele bateu no volante e falou: 'Você tá desconfiando do pai? Eu sou uma pessoa pública, as pessoas não podem me ver'". Com isso, Anderson tirou a roupa e começou a agredi-lo. "Eu só dizia para ele: Para, pai. O que você tá pensando em fazer. Pai, eu sou virgem", declarou Maylon.

Se defendendo, Anderson disse que, se o parceiro não quisesse mais o ato sexual, pararia e o deixava ir embora. Porém, Maylon afirma que o cantor o segurou a força: "Foi a pior dor que eu senti. Eu comecei a sangrar. Ele me penetrou e eu desmaiei". Anderson continua afirmando que isso foi uma inverdade, pois ocorreu de maneira consensual. Sobre a orientação sexual do músico, Anderson não deu definições. "Eu gosto de pessoas", afirmou.

Anderson, do Molejo, irá tomar medidas judiciais contra MC Maylon após acusação de estupro

Anderson, do Molejo, rebate acusações de estupro: "Foi com consenso"

Anderson, vocalista do Molejo, é acusado de estupro por jovem

"Eu não estava bem. Tentei me matar duas vezes porque estava entrando em depressão", desabafou o MC na entrevista. Anderson acusa a mãe do dançarino de tentar extorqui-lo, porém, ela se defende alegando que apenas queria que o cantor pagasse os exames do filho, já que o ato aconteceu sem preservativos.

O pagodeiro se emocionou ao lembrar das famílias que dependem dos shows do grupo e diz não temer o resultado das investigações. "O que eu faço entre quatro paredes, ninguém precisa saber. A verdade vai aparecer", afirmou, se emocionando. "Eu diria para ele repensar os atos que fez comigo e, dentro dele, ele sabe tudo o que ele fez dentro daquele hotel", disse o dançarino, negando que estaria usando Anderson.

(Foto Destaque: Anderson Molejo e MC Maylon. Reprodução/Record TV)

Deixe um comentário