Celebridades

Drake Bell, ator de “Drake & Josh” é condenado à liberdade condicional por abuso de menor

O ator Drake Bell, conhecido por atuar em " Drake e Josh ", foi condenado à dois anos de liberdade condicional e 200 horas de serviços comunitários pelo crime de abuso de menor, cometido em 2017.

3 min de leitura
13 Jul 2021 - 16h30 | Atulizado em 13 Jul 2021 - 16h30

Durante a tarde da última segunda-feira (12), o ator americano, Drake Bell, de 35 anos, conhecido no Brasil por interpretar o papel de Drake, no seriado infantil “Drake & Josh”, na Nickelodeon, entre 2004 e 2007, foi condenado por crimes de abuso infantil, cometidos em 2017.


 

Drake Bell e Josh Peck na série "Drake e Josh" (Reprodução/Pinterest)


Drake se confessou culpado pela tentativa de colocar crianças em perigo e disseminação de matéria prejudicial a adolescentes, sendo condenado à liberdade condicional pelo período de 2 anos e ao cumprimento de 200 horas de serviços comunitários. Em junho, o ator chegou a ser preso, mas foi liberado mediante pagamento de fiança.

As acusações contra o artista são relacionadas à uma adolescente que tinha 15 anos na época dos ocorridos. A jovem registrou uma denúncia contra Bell em 2018, e afirmou que o “incidente” aconteceu em uma boate em Cleveland, no ano anterior. Além do encontro físico, Drake teria mandado mensagens de cunho inadequado para a jovem, estabelecendo um “relacionamento virtual”, anteriormente.

Na audiência do caso, segundo a revista People, o juiz responsável declarou que Bell se aproveitou da adolescente, que não tinha “maturidade emocional ou mental para se envolver adequadamente". "Sua posição e status de celebridade permitiram que você nutrisse essa relação. Você conseguiu ter acesso a essa criança e conseguiu ganhar a confiança dela", disse, concluindo sua sentença.

A jovem também comentou sobre o caso, durante a audiência, realizada via Zoom: "Decidi escrever esta declaração porque quero que a justiça seja feita mais do que qualquer coisa. A única vez em que o réu compareceu ao tribunal pessoalmente foi em 3 de junho para sua acusação, antes que a mídia descobrisse sobre o caso. Ele compareceu hoje ao tribunal pelo Zoom em vez de comparecer pessoalmente. Isso não me surpreende e mostra que covarde ele é, mas eu não.”, iniciou. “Ele calculava. Atacou-me e abusou sexualmente de mim...ele é um monstro e um perigo para as crianças. Jared Drake Bell é um pedófilo e esse é o legado dele”, finalizou a vítima.


Pamella diz que DJ Ivis já tentou estrangulá-la

Bárbara Evans mostra barriga inchada devido a tratamento para engravidar

Ator Carmo Dalla Vecchia assume sua homossexualidade durante apresentação na 'Super Dança dos Famosos'


De acordo com a revista Rolling Stone, a vítima alegou que Bell começou a “investir” nela bem antes, quando ainda possuía apenas 12 anos de idade. O chamando de “epítome do mal”, o acusou de abuso sexual pelo envio de fotos impróprias para si, quando tinha seus 15 anos, no entanto, a defesa do ator nega. "As alegações da vítima, as quais vão além do acordo de todas as partes, não só carecem de provas de apoio, mas são contraditas pelos fatos apurados por meio de extensa investigação”.

Drake foi impedido de entrar em contato sob qualquer maneira com a vítima, que atualmente tem 19 anos, e aproveitou o fim da audiência para pedir perdão. "Lamento ver a vítima ferida de alguma maneira, mas obviamente não era minha intenção. Levei esse assunto muito, muito a sério. E, novamente, apenas quero me desculpar com ela e qualquer outra pessoa afetada por minhas ações”.

(Foto destaque: Drake Bell. Reprodução/Instagram)

Deixe um comentário