Domingos Fraga, diretor de jornalismo da Record TV, morre aos 62 anos, vítima da Covid-19

Publicado 12 de Jun de 2021 às 20:00

Morreu na manhã deste sábado (12), aos 62 anos, o jornalista Domingos Fraga, em decorrência de complicações causadas pela Covid-19. Fraga estava internado há 90 dias num hospital na cidade de São Paulo.


Apesar de pertencer ao grupo de risco, Fraga continuou se dedicando ao trabalho, e em março participou de uma reunião na redação da Record TV, mês em que ele contraiu a doença. 

 

Carioca, da Ilha do Governador e vascaíno, Domingos Fraga era ainda formado em Direito e Comunicação Social. Fraga começou a carreira no jornalismo como repórter policial no jornal Última Hora.

 

 


Diretor de jornalismo da Record TV, Domingos Fraga faleceu aos 62 anos, vítima da Covid-19. (Foto: Reprodução/R7)



Uma das marcas de Fraga como jornalista era a versatilidade, o que o fez sair da cobertura de crimes e atuar nas mais diferentes áreas da mídia. Em São Paulo, cidade que adotou como sua, foi redator no DCI e, posteriormente, se tornou diretor no Diário do Comércio.



Carla Cecato é demitida da Record TV, e nas redes sociais a jornalista se pronuncia

 

William Bonner toma a primeira dose da vacina contra a Covid-19

 

Lívia Andrade é vacinada contra a Covid-19 nos EUA



Durante a carreira, também cobriu assuntos de economia e comandou as revistas Quem, que foi criada e dirigida por ele nos anos 2000, e IstoÉ. Além disso, foi professor de Jornalismo da Faculdade Cásper Líbero, em São Paulo.

 

Nos últimos 15 anos, ele trabalhou no Grupo Record. Foi editor-chefe do Jornal da Record e diretor de redação do R7. Também foi diretor de redação da Record Brasília, onde permaneceu até 2020. Retornou à capital paulista no ano passado e tornou-se Diretor de Jornalismo da Record TV, abaixo apenas de Antonio Guerreiro, vice-presidente. 


Querido por todos com quem trabalhou, Domingos Fraga sempre muito honesto, direto, generoso e companheiro. Ele deixa esposa, quatro filhos e uma neta.


Em nota, o Grupo Record lamentou a morte do jornalista e se solidarizou com a família.

 

Íntegra da nota da Record:

 

Com profundo pesar, a Record TV recebe a notícia do falecimento do jornalista Domingos Fraga, diretor de jornalismo da emissora, na manhã deste sábado, 12 de junho de 2021.

 

Carioca, mas paulista de coração, Fraga tinha 62 anos e sempre foi um apaixonado pelo jornalismo, profissão a que se dedicou por quase quatro décadas. Em sua trajetória profissional, deixou marcas pelas mais importantes redações do país, como IstoÉ e Quem. Também foi professor na Faculdade Cásper Líbero, em São Paulo.

 

No Grupo Record, atuou nas redações da Record News, R7 e Record TV. Dentre os cargos que ocupou, foi editor-chefe do Jornal da Record e diretor de redação do R7. Também foi diretor de redação da Record Brasília, onde permaneceu até 2020. Retornou à capital paulista no ano passado e tornou-se Diretor de Jornalismo da Record TV.

 

Nossa solidariedade e os mais sinceros sentimentos à família e aos amigos do nosso querido Domingos Fraga.

 


Domingos Fraga era casado. Ele deixa esposa, quatro filhos e uma neta. (Reprodução/R7).



Passagem de Domingos Fraga pelo Grupo Record

 

Em 2006, Fraga foi convidado para trabalhar na Record TV. Na emissora, passou por diversas funções, sendo que a primeira foi como redator-chefe do Jornal da Record. Em 2012, transferiu-se para o Jornal da Record News, onde assumiu o mesmo cargo que tinha no JR. No mesmo ano, estreou uma coluna no portal R7 chamada Pense Nisso.

 

Neste espaço, Fraga escrevia sobre política, televisão, futebol, impressões sobre o dia a dia e tudo o que considerava interessante e relevante. Era o lugar onde, como ele dizia, chamava "o internauta para pensar, debater, concordar e discordar. Quero desafiar o coro dos contentes”.

 

Em 2013, Fraga foi promovido dentro da Record TV, e deixou o JRNews para assumir o cargo de diretor-executivo do Portal R7.

 

Com atuação destacada no portal de notícias, Domingos Fraga ajudou a dar um grande dinamismo e versatilidade na cobertura do R7. Mas seu interesse em política o levou a um novo desafio: criar e dar vida a uma área no portal dedicada à cobertura dos bastidores do poder em Brasília. 


Surgia assim a Coluna do Fraga, com notas saborosas, curiosas, sérias e interessantes sobre o universo político do país.


Com um bom trânsito no mundo político, Fraga foi transferido para Brasília. Seu cargo foi o de diretor de jornalismo na sucursal da Record em Brasília. Em janeiro de 2021, Domingos Fraga retornou a São Paulo para se tornar diretor-executivo de jornalismo, seu cargo mais recente na emissora.

 

(Foto destaque: Domingos Fraga, diretor de jornalismo da Record TV, morre aos 62 anos, vítima da Covid-19. Reprodução/R7).

Deixe um comentário