Bem Estar

Dicas para alimentação saudável nesta época do ano

Com a mudança de estação e as altas da temperatura na maior parte do país, muda - se também a alimentação. Confira dicas de especialistas para manter uma alimentação saudável.

3 min de leitura
15 Set 2020 - 08h44

A primavera é a estação das flores, mas em muitas cidades do país as temperaturas já passam dos 30 graus. Nessa época do ano, tudo fica mais leve. As roupas mudam, aumentam os passeios ao ar livre, e com a alimentação não é diferente. As pessoas optam por dietas, comidas menos calóricas e não muito pesadas.

Aumenta o consumo de líquidos como água e sucos naturais também. “No calor do verão, a tendência é ter menos apetite. Por isso, use e abuse das saladas e alimentos servidos frios. Eles são mais refrescantes. Também vale investir em grelhados e assados, que costumam ser mais leves e agradáveis para o período”, recomenda a nutricionista da Sesa, Angelica Koerich, em matéria publicada pelo ministério da saúde.

Angélica ressalta ainda que é importante se manter hidratado “Além da água, algumas frutas ajudam na hidratação do corpo, como a melancia, o melão e o abacaxi, por exemplo".

 


 

Alimentos saudáveis (Foto: Reprodução/Uol)

Alimentos saudáveis (Foto: Reprodução/Uol)


Leia mais: A importância da atividade física para a saúde

 

Principais cuidados com a alimentação

 Apesar de estarmos na primavera, a tendência é o aumento do calor até o dia 21 de dezembro, quando começa oficialmente o verão. Em conversa com o Blog da saúde do ministério da saúde, a nutricionista da Coordenação de Atenção à Saúde do Servidor (CAS), Nádia Nascimento Amore, respondeu algumas duvidas sobre a alimentação nesta época do ano.

 

Quais os alimentos mais adequados para ingerir nesta época do ano? 
Devemos dar preferência a alimentos mais leves e de fácil digestão, incluindo frutas com alto teor de água (como melancia, abacaxi, laranja) e saladas cruas com vegetais variados (alface, agrião, escarola, rabanete, cenoura, pepino, tomate entre outros), pois aumentam a sensação de refrescância. Água, água de coco e sucos de frutas sem adição de açúcar também podem ser ingeridos com maior frequência. 

 

E quais são os alimentos que devemos evitar nessa época do ano e por quê? 
Alimentos e preparações muito gordurosas (maionese, frituras, feijoada) devem ser evitados, pois sua digestão é mais lenta e acaba demandando maior esforço do organismo. A própria digestão deixa a pessoa mais lenta, pois o fluxo sanguíneo se concentra no estomago para facilitar a digestão.

 

O calor interfere na preparação de alguns alimentos a ponto de termos que tomar maiores cuidados? 
É importante que alimentos que necessitem de refrigeração (como queijos brancos, iogurtes, ovos) fiquem o menor tempo possível exposto à temperatura ambiente. Para isso, pode-se usar uma bolsa térmica do transporte do mercado para casa e evitar o consumo dos mesmos caso tenham passado um bom tempo fora da geladeira.

Caso sejam mantidos os hábitos alimentares da estação anterior, como nosso corpo pode responder a uma alimentação mais pesada durante o verão? 
Geralmente, alimentos mais “pesados” para o verão costumam diminuir a disposição e gerar maior cansaço e lentidão ao longo do dia, além de não repor adequadamente a quantidade de líquido e sais minerais perdidos diariamente. O que pode gerar uma desidratação e no futuro, com a repetição deste padrão, até mesmo um cálculo renal.

 

(Foto Destaque: Alimentos saudaveis. Reprodução/Opas.org)

Deixe um comentário