Esportes

Cruzeiro recebe nova multa e para contratar terá que embolsar R$ 13 milhões

presidente do Cruzeiro, confirmou recebimento de nova punição por não pagamento de dívida. Dessa vez, pela contratação de Riascos em 2015, no valor de R$ 6 milhões.

3 min de leitura
29 Jul 2021 - 14h00 | Atulizado em 29 Jul 2021 - 14h00

Na ultima quarta-feira (28) Sérgio Santos Rodrigues, presidente do Cruzeiro, no programa Seleção SporTV, confirmou recebimento de nova punição por não pagamento de dívida. Dessa vez, pela contratação de Riascos em 2015, no valor de R$ 6 milhões, junto ao Monarcas Morelia - México.

 O Cruzeiro já havia sido punido pelo não pagamento de dívida referente a contratação do jogador Arrascaeta, também em 2015, no valor de R$ 7 milhões junto ao Defensor - Uruguai. Agora, acumulando duas punições, o Cruzeiro terá que embolsar R$ 13 milhões para que se veja livre do Transfer Ban, que impede a Inscrição de novos jogadores. A punição que já era esperada pela diretoria Celeste não muda o cenário em que o Cruzeiro se encontra, já que antes de receber a primeira punição FIFA, referente ao meia Arrascaeta, fez um pacote de contratações para a equipe na esperança de poder contar com apenas aqueles elenco ao longo de toda temporada. Contudo, agrava a situação financeira insustentável em que a equipe se encontra.


(Foto: Reprodução/Instagram)


Atleta Japones que derrotou Medina no surf provoca brasileiros

Goleira Barbara discute com atleta paraolimpica em rede social "Acha que so porque é deficiente pode falar o que quer"

Atletico MG cria comissao para desenvolver o retorno do publico ao estadio no confronto contra o River Plate

 Sérgio Santos Rodrigues também comentou sobre a situação na Série B. O time hoje se encontra na 19° colocação do campeonato.

"Hoje temos dois transfer ban ativos, ou seja, temos limitações financeiras e também punições para poder registrar (atletas). Mas claro que a gente trabalha pensando nisso, mirando para cima. A gente já viu histórias de outros times que engatam uma sequência boa. Por mais que se esteja na parte de baixo, a diferença (do G-4) para a zona de acesso seria de dois ou três rodadas, faltando mais da metade do campeonato para ocorrer. Então, a gente mira na parte de cima e pede ao torcedor para acreditar nisso”, disse o presidente.

 A Raposa volta a jogar em casa nesta sexta-feira (30), quando recebe o Londrina, seu sucessor na tabela. Caso vença a partida poderá sair da zona de rebaixamento, dependendo de uma combinação de resultados.

 

(Foto destaque: Riascos ao marcar seu único gol com a camisa celeste. Reprodução/Lighpress/Cruzeiro) 

Deixe um comentário