Moda

Casa de Criadores vai além das passarelas

Com desfiles presenciais e virtuais, a Casa de Criadores, evento fundado por André Hidalgo, questiona os formatos mais tradicionais das semanas de moda, reunindo as mais diversas linguagens artísticas

3 min de leitura
10 Dez 2021 - 14h22 | Atualizado em 10 Dez 2021 - 14h22

A imagem de uma camisa branca em chamas deu início a 49ª edição da Casa de Criadores na última quinta-feira (9). A cena simboliza a proposta trazida pelo evento desde sua primeira edição, em 1997: queimar paradigmas, romper barreiras, propor novas formas de enxergar, pensar, fazer e apresentar a moda.

A cena da camisa branca é parte do espetáculo que, neste ano (2021), está reunindo as marcas como Brocal, Ateliê Vou Assim, Alexandre dos Anjos, Diego Fávaro, David Lee, Estamparia Social, F. Kawallys Punk Couture, Estúdio Traça, Felipe Caprestano, Gefferson Vila Nova, Gumo Joana, Jorge Feitosa, Jal Vieira, KF Branding X Woolmay Myden, Mônica Anjos, NotEqual, Leandro Castro, Nalimo, Rafael Caetano, PIM, Shtisurei, Reptilia, Reif, Yebo e Vicenta Perrotta.

 

Tendência e conforto: Tênis esportivo com toque vintage são a nova aposta

Novidades do mundo da moda desta semana

Juliette usa no Prêmio Multishow 2021 mesmo vestido que Bruna Marquezine desfilou em Milão 2018


André Hidalgo é fundador e diretor do evento que, com uma apresentação de abertura com cerca de uma hora de duração, foi além da passarela, questionando os formatos mais tradicionais das semanas de moda. O diretor criativo Eduardo Araújo Silva, também conhecido pela assinatura artística Dudx, definiu a Casa dos Criadores como uma reunião das linguagens artísticas, na qual a moda é combinada à teatralidade, dança, performance e as artes circenses.


Camisa branca em chamas em espetáculo da Casa de Criadores. (Foto: Reprodução/Instagram)


Nesta sexta-feira (10), além das apresentações transmitidas pelo site do evento, acontecerão no Teatro Mars, em São Paulo, desfiles presenciais das marcas Studio Ellis Kalleb, Yebo e Rober Dognani. Além disso, há a divulgação dos trabalhos finalistas da segunda edição do Desafio Sou de Algodão + Casa de Criadores. O presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão, Júlio Cézar Busato, conta que o desafio é importante para estimular a criatividade de estudantes e também para dar a eles uma oportunidade no universo da moda. As transmissões virtuais de hoje contarão com apresentações das marcas Dendezeiro, Brocal, NotEqual, Kel Ferey, Mônica Anjos, Jorge Feitosa, Ateliê Vou Assim, Guma Joana, Vivão, Estamparia Social, Nalimo.

 

Foto destaque: Casa de Criadores. Reprodução/Marcelo Soubhia/FOTOSITE

Deixe um comentário