Money

Buser, aplicativo de viagens rodoviárias, teve crescimento triplicado em 2021

Diante desse crescimento, o CEO da Buser, Marcelo Abritta, deseja investir R$ 52 milhões em projeto para obter dois centros comerciais com pontos de embarque.

3 min de leitura
11 Dez 2021 - 21h00 | Atualizado em 11 Dez 2021 - 21h00

Em 2021, a Buser cresceu 3 vezes mais em seus serviços, mas, no Rio, esse crescimento chegou a ser 4 vezes maior. Houve o triplo do faturamento geral também. A empresa espera crescer de 30% a 40% ao mês até janeiro com relação aos resultados de outubro desse ano, que chegou a 600 passageiros transportados pela empresa, eles esperam ultrapassar 1 milhão de passageiros transportados até janeiro de 2022. Considerando os resultados de janeiro de 2021 que foram entre 300 mil e 400 mil, a empresa tem expectativa de triplicar esses números no próximo ano.

A Buser oferece serviços a partir de R$ 39. Contado também com opções de ônibus que pode inclusive oferecer uma cama semelhante a de primeira classe em aviões, com o custo de R$130 para uma viagem Rio – São Paulo. Eles buscam atender a todos com o seu serviço de forma prática, segura e mais barata.


Ônibus da Buser (Reprodução/CNN Brasil)


Atualmente, a empresa possui 12 pontos de embarque e deseja ampliar esse número com o projeto de criação de dois centros comercias, que contarão com baias de embarque e lojas. Foi protocolado um pedido para construir um terminal comum na região do Porto Maravilha, que fica na Avenida Venezuela (RJ), a ideia é oferecer o compartilhamento da gestão do terminal com a prefeitura, sem a necessidade do dinheiro dela. Marcelo Abritta, CEO da companhia, acredita que o projeto será bom para a cidade, apesar do pedido se encontrar suspenso, estão conversando à respeito com a Prefeitura do Rio de Janeiro.

https://lorena.r7.com/post/Banco-Central-mantem-para-15-de-dezembro-o-comeco-da-4a-fase-do-Open-Banking

https://lorena.r7.com/post/Relembre-as-4-dicas-da-Bianca-Andrade-a-Boca-Rosa-para-fazer-um-marketing-digital-de-sucesso

https://lorena.r7.com/post/Fundadores-do-Nubank-terao-aumento-significativo-em-suas-fortunas-apos-estreia-do-banco-na-Bolsa


A ideia da Buser surgiu após Marcelo fretar um ônibus com 48 lugares, de Minas Gerais com destino a Arraial da Ajuda – BA. Apesar de arcar com os custos de deixar o ônibus parado por quatro dias e as diárias do motorista, o custo saiu menor do que se os 30 familiares de Marcelo viessem de avião. O projeto foi crescendo e hoje tem proporcionado uma melhor e mais barata escolha para quem decide trocar o avião pelo ônibus.

Foto destaque: Marcelo Abritta CEO da Buser. Reprodução/Forbes.

Deixe um comentário