Esportes

Barcelona confirma demissão do técnico Ronald Koeman

Após a derrota para o Rayo Vallecano, Koeman foi demitido do Barcelona e a saída foi confirmada pelo clube através do Twitter. Xavi é favorito para o cargo.

3 min de leitura
27 Out 2021 - 20h20 | Atualizado em 27 Out 2021 - 20h20

O Barcelona enfrentou o Rayo Vallecano nesta quarta (27) e foi derrotado por 1 a 0. A derrota resultou na demissão do técnico Ronald Koeman, que já passava por turbulências no comando do time catalão.

 

A passagem do técnico holandês foi conturbada e finaliza deixando o Barcelona em nono lugar na La Liga. Desde que assumiu o comando da equipe, Koeman fez 65 jogos, venceu 39, empatou 12 e perdeu 14, resultando em 60% de aproveitamento e a conquista do título da Copa do Rei em 2020/21.

A notícia de sua demissão foi dada pelo Diario Sport logo após o fim da partida contra o Rayo Vallecano e minutos depois, o Barcelona confirmou o boato através de uma nota divulgada nas redes sociais. 


 


Na partida de hoje contra o Vallecano, o Barcelona sofreu gol do colombiano Falcao García e viu a situação piorar ainda mais, porém, Koeman declarou que estava satisfeito com a atuação de sua equipe. "Não estou preocupado com o nível de jogo. Hoje jogamos bem, mas na Espanha isso não conta. Foi 1 a 0, é melhor não falar nada". Com o resultado contra o Rayo Vallecano, o Barça soma apenas 15 pontos no Campeonato Espanhol e também fica a seis pontos da classificação para a próxima fase da Champions League depois da única vitória na Liga contra o Dinamo Kiev. 


 

Koeman no comando do Barcelona (Foto: Reprodução/Getty Images)


Na saída do Camp Nou no último jogo contra o Real Madrid, Koeman teve dificuldades para deixar o estádio, já que foi cercado e intimidado por torcedores do Barcelona, que danificaram seu carro, ofenderam o técnico e, principalmente, exigiam sua saída. Depois do ocorrido, Koeman declarou que não sentiu medo e o que havia acontecido, era apenas um problema social. 

 

Lakers enfrenta o Spurs sem LeBron e vence na prorrogação

Minas Clube afasta Maurício Souza após declarações polêmicas consideradas homofóbicas

Em boa fase, Firmino dedica a sua evolução como jogador ao treinador Klopp 

 

Em alguns boatos da imprensa americana, Xavi Hernández é um dos favoritos para assumir o comando do Barcelona. O ex-jogador do Barça e atual técnico do Al Sadd disse em entrevista na semana passada que sonha em treinar o clube onde é ídolo. Mas minha ideia é treinar o Barcelona. Nunca escondi isso, é meu objetivo e meu sonho. Não sei se vai acontecer ou não, se eles vão precisar de mim ou não. Se houver alguma oferta, ela será avaliada e depois tentaremos decidir, mas no momento estou muito feliz aqui", contou Xavi.  


 


O futuro do Barcelona é incerto desde a saída de Messi, e agora sem um técnico efetivo, fica ainda mais difícil saber o que esperar da equipe. O Barça volta a campo no sábado para enfrentar o Deportivo Alavés pelo Campeonato Espanhol e em seguida, visitará o Dinamo Kiev no dia 2 de novembro, pela Champions League. 

 

Foto destaque: Ronald Koeman. Reprodução/Getty Images

Deixe um comentário