Celebridades

Bárbara Paz se assume como pessoa não-binária

A atriz e escritora Bárbara Paz disse que se reconhece como uma pessoa não-binária, ou seja, não se identifica dentro dos termos de gênero masculino ou feminino.

3 min de leitura
28 Mai 2021 - 19h49 | Atulizado em 28 Mai 2021 - 19h49

A atriz e escritora Bárbara Paz contou que se reconhece como uma pessoa não-binária, que não se identifica dentro dos termos de gênero masculino ou feminino.

“Sou uma pessoa inquieta. Uma mulher, um homem, não-binária. Descobri que sou não-binária há pouco tempo. Um amigo meu falou que eu era, e eu acreditei, entendi. Sou uma pensadora, uma diretora, uma cineasta, uma atriz, uma pintora, uma escritora. Nas horas vagas, a gente tenta tudo com as mãos, com a cabeça, com o cérebro e com a imaginação”, diz a atriz.


Demi Lovato assume identidade não-binária

No ‘Bate-Papo No Limite’ Ariadna conta que já esperava sua eliminação e dedica a sua participação para outras mulheres trans

Reynaldo Gianecchini se auto define pansexual


Ao podcast "Almasculina", Bárbara disse que ainda segue tentando compreender mais quem é. “Não sei bem quem eu sou. Se tiver alguma referência para me dizer quem eu sou, ainda estou em busca. Sou muitas coisas. Sou muitos, muitos, muitas. É difícil dizer quem você é para se apresentar. Sou uma pessoa de fazer o que tenho dentro, o que não é pouco”, desabafa ela.

A língua portuguesa possui uma estrutura binária e usa pronomes e artigos que indicam gênero aos sujeitos e substantivos. Mas há mecanismos que podem ser utilizados para respeitar pessoas não-binárias.

Na entrevista, Bárbara não esclareceu como prefere que seja feito o seu tratamento: com ou sem uso de pronomes masculinos ou femininos.


Barbara Paz

Atriz Bárbara Paz. (Foto: Reprodução/Instagram)


“Quando ouvi esse discurso do não-binário, do transgênero, pensei: 'Será que se tivesse escutado isso com 12 ou 13 anos, eu teria achado que eu era pelo fato de eu sentir isso?'. E não estou falando de sexualidade, mas de sensação. Às vezes, eu me olhava no espelho e me sentia um garoto. Eu me olho no espelho hoje e sou uma mulher com peito, bunda, curvas... E você fala: 'Nossa, é super estranho'. Muitas vezes. Não é que eu não gosto. É estranho, às vezes. E às vezes eu gosto. Então, gosto de ser menino e de ser menina. Pode? Hoje pode! Então hoje chama não-binário? Isso! Nossa, que legal! Então, está tudo certo eu falar isso? Não. Então, cada vez mais a gente consegue respirar e ser a gente. E isso não tem a ver com sexualidade, se gosto de mulher ou de homem. Gosto de pessoas.”, assume a artista.

 

(Foto destaque: Bárbara Paz se assume como pessoa não-binária. Reprodução/Instagram)

 

 

Deixe um comentário