Tech

Bancos temem falhas de serviços de computação em nuvem

Em pesquisa da Harris Poll, os bancos decidem tomar medidas para reduzir os riscos do uso crescente de serviços externos de computação em nuvem, como Google Cloud, recomendados a utilizar multicloud.

3 min de leitura
13 Ago 2021 - 16h03 | Atulizado em 13 Ago 2021 - 16h03

Os bancos estão tomando medidas para reduzir os riscos do uso crescente de serviços externos de computação em nuvem, segundo pesquisa da Harris Poll e do Google Cloud divulgada na última quinta-feira (11).

Em pesquisa realizada por 1.300 líderes de serviços financeiros dos Estados Unidos, Canadá, Grã-Bretanha, França, Hong Kong, Japão, Alemanha, Cingapura e Austrália foi mostrado que 83% das instituições estão utilizando serviços de computação em nuvem como parte da infraestrutura primária de processamento de dados.

O Banco da Inglaterra e o Banco da França manifestaram preocupação pela falta de transparência de como os bancos possuem um número concentrado de provedores de computação em nuvem externos, como Google, Microsoft e Amazon que dominam os reguladores.

 

https://lorena.r7.com/post/Arhur-Picoli-fala-sobre-perseguicoes-pos-BBB-21

 

https://lorena.r7.com/post/Ed-Sheeran-conta-historias-de-seu-relacionamento

 

https://lorena.r7.com/post/Restaurante-consegue-driblar-dificuldades-e-aumenta-as-vendas-do-delivery-na-pandemia

Os reguladores se preocupam com a dependência de muitos bancos nos mesmos produtores, que pode criar um risco sistêmico se uma das empresas de infraestrutura de computação apresentar falhas.


Grande parte das empresas também consideram adotar uma estratégia multicloud, disse a pesquisa, permitindo a um banco mudar para um provedor alternativo se houver uma falha em um serviço.

 


Foto: Richard Newstead/Getty Images


 

 

Com base na pesquisa Harris, está claro que as instituições financeiras estão tomando medidas para resolver problemas de concentração de fornecedores, com 88% dos entrevistados que não usam atualmente uma estratégia multicloud, considerando fazê- lo nos próximos 12 meses”. disse Adrian Poole, diretor para serviços financeiros na Grã-Bretanha e Irlanda do Google Cloud.

 

Os provedores de nuvem são empresas que fornecem ambientes de TI, onde é possível abstrair, agrupar e compartilhar recursos escaláveis em uma rede, oferecendo também serviços online, como IaaS, PaaS e SaaS.

 

Por que os bancos utilizam um provedor de nuvem?

Sua infraestrutura: A base de todos os ambientes de computação, a infraestrutura possui serviços de redes, armazenamento, servidores e virtualização.

Plataformas: As ferramentas necessárias para criar e implantar aplicações. Essas plataformas incluem sistemas operacionais, ambientes de execução e middleware.

•  Software: Aplicações prontas para o uso, contendo aplicações personalizadas ou padrão fornecidas por provedores de serviço independente.


(Foto Destaque: Sede do Google Cloud, em Sunnyvale, na Califórnia. Reprodução: REUTERS/Paresh Dave) 

 

Deixe um comentário