Ansiedade na quarentena

Publicado 25 de Mar de 2021 às 20:32

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil tem o maior número de pessoas ansiosas do mundo: 18,6 milhões de brasileiros (9,3% da população) convivem com o transtorno. Com a pandemia, esses sintomas podem ser evidenciados, por isso é importante aprender como lidar com seus efeitos.

Durante momentos de incerteza, é natural que você passe a se sentir mais ansioso, triste e angustiado. Para te ajudar a manter sua saúde mental durante a pandemia do coronavírus. 

O momento pelo qual o mundo está passando é único para a maioria das pessoas. A Covid-19, além de provocar complicações na saúde física das pessoas, também trouxe mudanças bruscas em suas rotinas, principalmente após o isolamento, que, apesar de essencial para conter a contaminação, dificulta o contato com parentes e amigos, impedindo, também, a realização de eventos e encontros.                                     


                 (Como evitar a ansiedade. Reprodução/ Razões para acreditar)

 Como combater ansiedade. (Reprodução/Razões para acreditar)       


O que é ansiedade e quais os sintomas?

A ansiedade é uma reação natural do corpo humano, que consiste nos sentimentos de inquietação, agitação, preocupação ou estresse. É normal sentir-se ansioso ao realizar atividades normais do dia a dia, como uma entrevista de emprego, uma prova difícil, uma viagem, ir à um evento importante, etc. Nem sempre a ansiedade é uma doença. Deve-se atentar quando a ansiedade apresenta níveis irregulares, afetando de forma negativa o funcionamento da nossa rotina e podendo desencadear o chamado transtorno de ansiedade, uma doença psiquiátrica. Nestes casos, é necessário o auxílio de profissionais da área psicológica ou psiquiátrica.

A ansiedade não afeta apenas nossa mente, mas também nosso corpo e desempenho, e os sintomas comuns são: 

Nervosismo;

Irritabilidade;

Tristeza;

Angústia;

Sofrimento por antecipação;

Dificuldade de concentração;

Falta de ar;

Sudorese;

https://lorena.r7.com/post/A-importancia-da-Vitamina-D-para-sua-saude

https://lorena.r7.com/post/A-busca-pelo-corpo-perfeito-como-isso-afeta-sua-saude

https://lorena.r7.com/post/Academia-Saiba-quais-sao-os-suplementos-mais-utilizados-e-seus-beneficios

Listaremos abaixo algumas dicas muito interessantes para ajudar você e seus entes queridos a passarem por essa pandemia:

1-  Use a tecnologia a seu favor:

O apoio social é fundamental para a qualidade de vida dos seres humanos. Neste momento em que ele é restrito, lembramos que o distanciamento físico é necessário, mas que falar sobre assuntos engraçados e interagir com os seus familiares e amigos é possível pelas redes sociais, telefones e aplicativos.

2- Procure hobbies e atividades que elevem seu bem-estar:

As atividades prazerosas podem ajudar a melhorar sua qualidade de vida, contribuindo positivamente para uma sensação de bem-estar e redução de tristeza, estresse e ansiedade. Você estará cuidando de si mesmo e desenvolvendo habilidades.

3- Cuide bem do seu sono: 

A manutenção do horário que você dorme e acorda todos os dias, mesmo aos finais de semana e feriados, tem impacto positivo no funcionamento do nosso sono.

(Foto Destaque: Ansiedade na quarentena. Reprodução/G1)

Deixe um comentário