Celebridades

Angélica compartilha dia de exercício com os amigos e fala sobre acidente passado

Apresentadora contou com a presença dos amigos para ajudar com aquela disposição extra na hora da malhação. Ela disse que conversaram bastante e que só ficou faltando a presença de Ingrid Guimarães.

3 min de leitura
05 Out 2021 - 19h07 | Atulizado em 05 Out 2021 - 19h07

A apresentadora compartilhou nesta terça-feira (5) seu treino com os amigos Alex Lerner, jornalista, e Grazi Massafera, atriz. A sessão de exercícios contou com a orientação do personal trainer Chico Salgado.

“Turminha boa demais! Falamos muito e treinamos também (risos) Assim fica mais fácil, né? Bate-papo fitness. Faltando Ingrid Guimarães”, escreveu na legenda das fotos.

Ingrid também comentou na foto: “Ainda bem que eu não tava ao lado do abdomem da Grazi”.


Angélica agradecendo pela semana. (Foto: Reprodução / Instagram)


Angélica contou, no ano passado, que desenvolveu síndrome do pânico após de ter sofrido o acidente aéreo com a sua família em 2015, (tanto Luciano Huck quanto os três filhos do casal, Joaquim, Benício e Eva, de 16, 13 e 8 anos estavam no avião), voltando de uma viagem ao Pantanal, quando a aeronave precisou fazer um pouso forçado.

“Achei que tinha resolvido, porque faço análise há muito tempo, e fiquei bem. Um ano depois do acidente, talvez quando vi que as crianças já tinham resolvido isso na cabecinha delas e o Luciano já estava bem, porque ele tinha machucado uma vértebra, aí caiu a ficha para mim e comecei a ter umas crises de pânico”, descreveu no programa Simples Assim.

 

https://lorena.r7.com/post/Luciano-Huck-e-Angelica-comemoram-aniversario-da-filha-Eva-Nossa-princesa-moderna

https://lorena.r7.com/post/Apos-polemica-noiva-de-Lucas-Penteado-tenta-suicidio

https://lorena.r7.com/post/Nego-do-Borel-e-finalmente-encontrado-e-diz-que-queria-ficar-sozinho

 

Ela também explicou que não queria fazer uso de remédios e que a alternativa que encontrou para si foi a meditação.

“Falei que não queria me medicar e aí, por coincidências da vida, alguém me deu um vídeo falando dessa conexão da mente com o corpo. Comecei a assistir e a estudar um pouco, e vi o quanto a meditação estava sendo aceita nos meios médicos mesmo, pessoas que tinham se curado de um monte de coisas. Passei a me aprofundar e resolvi fazer cursos, pois existem vários tipos de meditação. No final, peguei um pouco de cada e acabei ficando na meditação transcendental”, disse Angélica.

Hoje em dia Angélica sempre compartilha nas suas redes momentos de meditação e exercícios da sua rotina.

 

 

Foto Destaque: Chico Salgado, Angélica, Alex Lerner e Grazi Massafera. Reprodução / Instagram

Deixe um comentário