Notícias

STF determina quebra de sigilos de Bolsonaro e Michelle

Nessa quinta (17) o Ministro do Supremo, Alexandre de Morais, determinou a quebra sigilo, bancário e fiscal, de Jair Bolsonaro e de Michelle Bolsonaro

18 Ago 2023 - 12h00 | Atualizado em 18 Ago 2023 - 12h00
STF determina quebra de sigilos de Bolsonaro e Michelle Lorena Bueri

Matéria escrita por Lucas Venâncio - InMagazine

 

O Ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Morais, determinou nessa quinta (17) a quebra de sigilos fiscal e bancário do ex-presidente Jair Bolsonaro e da ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro. A decisão partiu após acusações de venda e compra de joias e outros itens de luxo, ações consideradas ilegais pelas origens desses objetos.

Compra e venda ilegal de itens de luxo

A quebra de sigilo ocorre após novas declarações do tenente-coronel Mauro Cid, ex-ajudante de ordens do ex-presidente, detido desde o dia 3 de maio. Cid foi acusado de vender joias da presidência recebidas durante visitas oficiais. Tal ação é considerada crime, uma vez que esses presentes recebidos durante o ofício da presidência fazem parte do patrimônio da União, tornando ilegal sua transação financeira. 

Ainda na quinta, o advogado do tenente-coronel, Cezar Bitencourt, relatou a veículos de imprensa que Cid vai indicar Bolsonaro como mandante dessas negociações. Muito provavelmente este fator foi determinante para as quebras de sigilo que se seguiram. 

Acredita-se que Bolsonaro e seus assessores cometeram crime de peculato, caracterizado quando um agente público utiliza seu cargo para obter ou desviar bens públicos. Isso, pois ao receber presentes como representante do país, esses itens são destinados ao acervo público da Presidência. 

Os critérios que servem de referência são de um entendimento fixado pelo Tribunal de Contas da União (TCU), que analisou diferentes leis e decretos durante 2016. Na época, o tribunal decidiu que presentes recebidos em agendas e viagens oficiais devem ser incorporadas ao patrimônio da União. 


Vídeo com notícia sobre a quebra de sigilos de Michelle e Bolsonaro. (Vídeo: reprodução/YouTube/CNN Brasil)


Declarações do Hacker

Durante a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) dos atos golpista de 8 de janeiro, realizada na quinta, o hacker Walter Delgatti foi convocado para depor após revelar que Bolsonaro lhe perguntou sobre a possibilidade de invadir o sistema das urnas eletrônicas. Segundo ele, o encontro foi intermediado pela deputada Carla Zambelli e o então presidente buscava desacreditar o sistema eleitoral brasileiro.

"Apareceu a oportunidade da deputada Carla Zambelli, de um encontro com o Bolsonaro, antes da campanha. Ele queria que eu autenticasse a lisura das eleições e, por ser o presidente da República, eu acabei indo ao encontro", disse Delgatti à CPMI que também revelou uma promessa do ex-presidente em protegê-lo no caso de alguma acusação.

 

Foto destaque: Ex-presidente Jair Bolsonaro e ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro em evento. Reprodução/Tag Notícias

VEJA TAMBÉM

Mauro Cid desmaia no Supremo Tribunal Federal ao saber que voltaria à prisão Lorena Bueri

Mauro Cid desmaia no Supremo Tribunal Federal ao saber que voltaria à prisão

Militar desmaiou ao saber que voltaria para a prisão após prestar depoimento ao STF sobre conteúdo de áudios vazados nesta quinta (21)
Mauro Cid é condenado à cadeia novamente após audiência no STF Lorena Bueri

Mauro Cid é condenado à cadeia novamente após audiência no STF

Nesta sexta-feira (22), o ministro Alexandre de Moraes expediu mandado de prisão contra Mauro Cid, ex-ajudante de Jair Bolsonaro, durante audiência no STF 
Prazo para finalização do inquérito contra Jair Bolsonaro é determinado Lorena Bueri

Prazo para finalização do inquérito contra Jair Bolsonaro é determinado

Polícia Federal entregará resultados dos inquéritos contra o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) para o STF até o fim desse primeiro semestre
Ex-presidente Jair Bolsonaro depõe sobre acusação de importunação a baleia Lorena Bueri

Ex-presidente Jair Bolsonaro depõe sobre acusação de importunação a baleia

Bolsonaro comparece à sede da Polícia Federal em São Paulo para prestar depoimento sobre a suspeita de importunação a uma baleia em São Sebastião
Jair Bolsonaro fala em pacificação e não cita STF durante manifestação em São Paulo Lorena Bueri

Jair Bolsonaro fala em pacificação e não cita STF durante manifestação em São Paulo

Compareceram no evento, além do pastor Silas Malafaia, autoridades políticas como o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), o deputado federal Nikolas Ferreira (PL-MG), além de outros políticos e demais apoiadores de Bolsonaro
Defesa de Jair Bolsonaro alega desconhecimento do ex-presidente em minuta golpista Lorena Bueri

Defesa de Jair Bolsonaro alega desconhecimento do ex-presidente em minuta golpista

Documento encontrado durante operação da PF visa apurar o envolvimento de Bolsonaro a militares e ex-ministros na trama de suposto golpe de Estado no fim de 2022
Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo