Notícias

Advogado brasileiro é condenado por "insider tranding" em Washington

O advogado brasileiro Romero Cabral da Costa Neto foi sentenciado, nos Estados Unidos, pelo crime “insider trading”; Sua pena terá a duração de dois meses

20 Dez 2023 - 20h00 | Atualizado em 20 Dez 2023 - 20h00
Advogado brasileiro é condenado por 'insider tranding'  em Washington Lorena Bueri

Nesta quarta-feira (20), o advogado Romero Cabral da Costa Neto foi sentenciado a dois meses de prisão pelo crime “insider trading”, nos Estados Unidos. Sua condenação foi definida pelo juiz Carl J. Nichols em Washington. Segundo os advogados envolvidos com o caso, o brasileiro usou informações privilegiadas e confidenciais de sócios da empresa para realizar ações de negociação. A previsão para o início da pena judicial é no dia 15 de janeiro de 2024, segundo as informações da Agência Reuters.


 "Wall Street", sede da bolsa de valores (reprodução/ Roberto Júnior)


Origem da acusação

Romero Neto trabalhava anteriormente como advogado no Brasil, na empresa jurídica Mattos Filho. Após certo período, migrou-se para a empresa internacional “Gibson, Dunn & Crutcher” com a função de advogado visitante. O procurador Matthew M. Graves e o agente interino David Geist detiveram o brasileiro em agosto de 2023, quando foi notada uma grande irregularidade de transações entre empresas sócias da firma em que fazia parte.

O advogado acumulou mais de 50 mil dólares, equivalentes a 245 mil reais, durante algumas de suas ações ilegais. Os responsáveis pelo caso apontam a revolta dos promotores do caso com o desejo de uma punição prolongada para o acontecimento. A defesa justificou a situação com as seguintes palavras: “Uma grande aberração em uma vida que, até então, (Neto) tem sido exemplar”.

O significado do crime

“Negociação com informações privilegiadas” é o significado do termo “insider tranding”. Se trata de um conhecimento prévio que pode influenciar a longo prazo negociações em diversos campos de investimentos. Isso torna possível manipular valores que poderão fazer parte do mercado de ações. A pesada influência que essa violação pode trazer afeta de maneira direta a economia, chegando a levar desequilíbrios na estipulação de lucro, além da infração com a privacidade das empresas e das pessoas físicas afetadas.

No Brasil o crime tem a condenação de até 5 anos e nos Estados Unidos de até 20 anos.

 

Foto destaque: Supremo Tribunal dos Estados Unidos (Foto: reprodução/ Getty Images)

 

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo