Cinema/TV

Wagner Moura atuará ao lado de Kirsten Dunst em ‘Civil War’

De acordo com o site Deadline, o ator e diretor baiano, Wagner Moura, protagonizará, ao lado de Kirsten Dunst, um longa-metragem chamado "Civil War". O filme ainda não tem uma data de lançamento divulgada.

3 min de leitura
21 Jan 2022 - 23h57 | Atualizado em 21 Jan 2022 - 23h57

De acordo com o site Deadline, o ator e diretor brasileiro Wagner Moura, de 45 anos, protagonizará o filme “Civil War” ao lado de Kirsten Dunst. O longa-metragem ainda não possui uma data divulgada para o seu lançamento.

O filme será produzido pela A24 e dirigido por Alex Garland, indicado ao Oscar com o filme “Ex_Machina: Instinto Artificial”, também conhecido por trabalhos como “Aniquilação” e “Dredd”. O roteiro também será assinado por Garland e não existem muitos detalhes sobre a trama ou sua data de estreia, no momento.

O que se sabe é que a obra se passará em um futuro distópico. Além dos protagonistas apontados, Wganer Moura e Kristen Dunst, ainda de acordo com o Deadline, o elenco contará com Stephen McKinley Henderson, que atuou em “Duna” e Cailee Spaeny, de “Mare of Easttown”.

Wagner não é um novato no cinema internacional. O ator fez parte do elenco de filmes como “Elysium” e “The Gray Man”, além de séries como “Narcos” e “The Shining Girls”.


Wagner em "Elysium" (Foto: Reprodução/NSC Total)


Além de sua consagrada carreira como ator, Wagner fez sua estreia como diretor com o filme “Marighella”, previsto para ser lançado em 2019, mas lançado no fim de 2021, estrelado por Seu Jorge no papel titular. A trama conta sobre a luta de um guerrilheiro que lutou contra a Ditadura Militar. Sobre o processo do filme, Moura contou como queria que a trama chegasse até o público: “um filme popular, que atingisse muita gente, que muita gente pudesse ver e que devolvesse ao imaginário brasileiro essa figura de resistência à ditadura”. 


Assista ao trailer de "Marighella" (Reprodução/YouTube)


“Com a escalação de Seu Jorge, eu estou reafirmando a importância do fato desse homem ser preto. E eu quero dizer para as pessoas no Brasil que o Brasil teve uma figura histórica, lutador pela justiça social, pelos direitos dos pobres, dos trabalhadores, pela liberdade, pela luta contra a ditadura, que era preto”, disse o diretor, sobre a importância da escolha para o papel central. 

Foto destaque: Kirsten Dunst e Wagner Moura. Reprodução/Instagram

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo