Saúde

Veja como usar o celular de maneira saudável e perder o vício no aparelho móvel

O uso em excesso aos smartphones pode ser prejudicial à saúde. Psicólogo da USP comenta algumas dicas para a utilização proveitosa e saudável dos celulares.

3 min de leitura
25 Nov 2022 - 15h24 | Atualizado em 25 Nov 2022 - 15h24

Os smartphones se tornaram uma ferramenta indispensável no dia a dia das pessoas, justamente pelas funções que podemos utilizar de modo rápido e a qualquer momento. Hoje, os celulares podem facilmente substituir os computadores, telefones e proporcionar agilidade para fazer alguns deveres, sendo possível fazer uma ligação para outra pessoa, fazer compras em mercados por aplicativo, pedir comida, tirar fotos, entre outros.

No entanto, essa abundância e versatilidade de funções pode gerar o vício, seu uso em excesso tende a ser prejudicial à saúde, tanto mental como física.

De acordo com relato de Felipe Botelho, psicólogo do Grupo de Dependências Tecnológicas do Hospital das Clínicas da USP, a dependência ao uso dos celulares pode ser danoso à vida social, “As pessoas passam a sentir uma necessidade frequente de checar o celular e ver as redes sociais.”

Botelho explica que “quando elas ficam fora da internet, mesmo que por poucos minutos, aparece o medo de ter perdido algo. Isso as deixa sempre imersas, de uma forma difícil de sair”, todavia, existem formas saudáveis de usar os smartphones, seguindo os passos dele.

 

Reconheça seus comportamentos

Para Botelho, “reconhecer é o primeiro passo”. Ele afirma que identificar a forma que manuseamos o celular é importante e avaliar se o uso é desequilibrado ou não. Alguns aparelhos avisam automaticamente o uso diário ou semanal, assim como os aplicativos das redes sociais têm ferramentas para limitar a utilização demasiada. 

“Reconhecer é importante não apenas para quem faz o uso excessivo, mas para quem busca um uso mais saudável também”, explica o especialista.

 

Limite seu uso

Os avisos rotineiros sobre a utilização do celular é benéfico para conseguir identificar se há excessos e conseguir definir momentos para sua utilização. “Às vezes é complicado definir um período para ficar longe do celular durante o horário de trabalho, mas nos momentos livres é um caminho que pode funcionar”, comenta Botelho.

 

Desapegue do aparelho

Felipe Botelho recomenda começar a colocar o smartphone em outro cômodo e analisar como será sua reação com a ausência do aparelho.

 

Procure alternativas para distração

“É importante que a pessoa avalie o que ela gosta de fazer sem o celular”, aconselha o psicólogo. Procurar fazer atividades físicas, ler um livro, assistir um filme, passear no shopping ou parque pode ser uma ótima alternativa para sua saúde nos momentos de tédio.


Registro de uma foto pelo celular. (Foto: Reprodução/Pexels/Pixabay)


Desative o som das notificações

Aquele pequeno som da chegada de uma notificação ou a pré-visualização na tela de bloqueio do celular pode causar problemas à saúde, “as notificações são um gerador de ansiedade”, alerta Botelho.

Desativar as notificações pode reduzir a necessidade de manusear o celular e diminuir o vício.

Foto Destaque: Uso de celular. (Reprodução/Firmbee/Pixabay)

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo