Notícias

Ucrânia: UNESCO anuncia que 53 locais históricos e religiosos foram danificados

Monitoramento da UNESCO mostra que locais históricos e religiosos não foram preservados durante investida militar russa na Ucrânia. Diretora-geral da UNESCO, Audrey Azoulay, declara que haverá consequências

3 min de leitura
02 Abr 2022 - 19h39 | Atualizado em 02 Abr 2022 - 19h39

Segundo a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), 53 locais históricos e religiosos foram danificados na Ucrânia. O monitoramento da entidade indicou que houve estragos em 29 locais religiosos, 16 edifícios históricos, 4 museus e 4 monumentos. As perdas foram causadas pelos ataques russos ao território ucraniano. 

O sistema utilizado para monitorar os dados é fruto de uma parceria entre a UNESCO e a Organização das Nações Unidas para Treinamento e Pesquisa (UNITAR). Nele, é possível observar o estado de conservação dos sítios ucranianos por meio de imagens de satélite.

A guerra entre os países teve início em 24 de fevereiro de 2022, quando a Rússia invadiu o território vizinho. De acordo com analistas, o conflito é a crise militar mais grave na Europa desde a Segunda Guerra Mundial. Diante disso, locais importantes para a história, cultura e religiosidade do povo ucraniano sentiram os efeitos da investida russa.

Em Kharkiv, 18 locais foram danificados. Entre eles, a Catedral da Santa Dormição de Kharkiv; o Memorial do Holocausto; o Teatro Acadêmico Nacional de Ópera e Ballet de Kharkiv e o Museu de Arte de Kharkiv. Na cidade de Mariupol, o ataque atingiu o Teatro Drama. Nas cidades de Izium e Zadonsky, igrejas ortodoxas foram alvo dos russos. 


Museu de Arte de Kharkiv foi atingido pelo bombardeio. (Foto: Reprodução/Ommercato).


O país que abriga sete Patrimônios Mundiais da UNESCO afirma que a Rússia está tentando apagar sua identidade cultural. A ex-vice-ministra da cultura, Iryna Podolyak, disse que os russos desejam apagar a Ucrânia do mapa mundial, dizimando a herança, história, identidade e sua existência como estado independente. Além disso, Podolyak afirma que as tropas enviadas à Ucrânia atacam hospitais, escolas e casas. 

Enquanto signatária da convenção da Organização das Nações Unidas (ONU), assinada em 1954, a Rússia deveria proteger bens culturais durante a ocorrência de conflito armado. Em vista disso, a diretora-geral da UNESCO, Audrey Azoulay, enviou uma carta ao ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Serguei Lavrov, lembrando que violações à norma implicam em responsabilização internacional dos autores. Dessa forma, a diretora deixa claro que o país sofrerá consequências pela ação irresponsável.

 

Foto Destaque: Habitantes tentam recuperar danos causados a locais na Ucrânia. Reprodução/SERGEI SUPINSKYAFP/Getty Images.

VEJA TAMBÉM

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo