Money

Twitter pode ter nova função para criadores de conteúdo

Uma gorjeta pra lá de carinhosa da rede social Twitter. A criação dessa caixinha deve atrair muito mais usuários para rede social, fazendo ela ficar ainda mais popular.

3 min de leitura
02 Set 2021 - 09h00 | Atulizado em 02 Set 2021 - 09h00

O twitter é a 8ª rede social mais utilizada no mundo, hoje em dia conta com 17M de usuários diariamente. A rede tenta crescer ainda mais o número de usuários e se tornar uma rede mais usada ainda.

A rede social vai permitir em breve que usuários da rede social deem “gorjetas” para criadores de conteúdo, utilizando bitcoin em sua nova funcionalidade chamada “Caixinha”. A informação foi noticiada pelo site MacRumours, na última terça (31).


Foto: Bitcoin (pexels.com/pt/br/)


https://lorena.r7.com/post/Entenda-como-a-geracao-Z-segue-impulsionando-o-mercado-de-revenda-de-moda-de-luxo

https://lorena.r7.com/post/Gasolina-sobe-para-R700-Entenda-o-motivo-deste-aumento

https://lorena.r7.com/post/Caixa-e-Banco-do-Brasil-decidem-deixar-a-Febraban

 

Esta possibilidade veio à tona com o código da versão beta mais recente do Twitter, que sugere que o suporte ao bitcoin será lançado na plataforma de gratificações que foi lançada em maio deste ano.

Ao que tudo indica os "twitteiros" vão receber um tutorial sobre o bitcoin, incluindo detalhes sobre a Lightning Network e carteira de custódia versus carteira não-custódiais. O tutorial também vai indicar a necessidade de uma conta na Strike para utilizar a nova funcionalidade.

A integração entre o bitcoin e a plataforma de mídias sociais sempre foi de interesse da comunidade cripto, já que o fundador do Twitter, Jack Dorsey, é reconhecido como um dos maiores defensores da criptomoeda e do mercado de criptoativos de forma geral.

A rede do passarinho anunciou recentemente vagas de emprego na sua divisão de pagamentos para Conselheiro Jurídico Sênior e CCO, ou presidente da área de compliance. Ambas as vagas tinham como requisito a experiência com criptomoedas.

O CCO da divisão de pagamentos trabalhará “com aconselhamento jurídico, conduzirá análises de leis, normas, e regulamentações que podem se aplicar ou se tornar aplicáveis aos produtos do Twitter”, com as criptomoedas listadas no conjunto.

Já o anúncio para Conselheiro Jurídico Sênior nota que experiência em “formas de pagamento como faturamento em dispositivos móveis, criptomoedas e carteiras digitais, etc” seria um diferencial para a vaga.

Segue abaixo o ranking das 10 redes sociais mais utilizadas no Brasil em 2021: 

1- Facebook (130mi) 

2- YouTube (127mi)

3- WhatsApp (120mi)

4- Instagram (110mi)

5- Facebook Messenger (77mi)

6- LinkedIn (51mi) 

7- Pinterest (46mi)

8- Twitter (17mi)

9- TikTok (16mi)

10- Snapchat (8,8mi)

Foto destaque: pexels.com/pt-br/

 

 

Deixe um comentário