Notícias

TikTok vai contra a maré e planeja contratações de novos funcionários

A meta proposta pela empresa é de contar com aproximadamente 1.000 engenheiros em seu escritório localizado em Mountain View, Estados Unidos. Por outro lado, Elon Musk anunciou que irá reduzir sua equipe.

3 min de leitura
21 Nov 2022 - 19h35 | Atualizado em 21 Nov 2022 - 19h35

Atualmente, diversas empresas do Vale do Silício estão lutando contra a crise e sendo obrigadas a cortar gastos e demitir funcionários. Entretanto, não são todas, uma vez que o TikTok está seguindo o ritmo contrário e contratando mais funcionários para ocuparem os mais diversos cargos na mídia social, segundo a divulgação do The Information. 

A meta proposta pela empresa é contratar quase 1.000 engenheiros em seu escritório localizado em Mountain View, condado de Santa Clara, Estados Unidos. A informação foi confirmada por uma pessoa próxima do assunto em entrevista à CNN nesta segunda-feira (21).  

Esta meta curiosa de número de contratados está diretamente ligada ao objetivo geral do TikTok de conseguir a garantia de que os dados dos Estados Unidos estejam sempre supervisionados por membros da equipe que possuem alta qualidade e trabalham no próprio país, em Washington, por conta da relação com a empresa parceira ByteDance com a China; 

 Shou Zi Chew, criador e CEO da Tiktok, revelou que sua empresa ainda estava com olhos abertos para novos talentos através de declarações na última semana no Bloomberg New Economy Forum, sediado em Cingapura. O empresário aproveitou a oportunidade de anúncio em meio a demissões em massa de empresas concorrentes, como a Meta, que controla o Facebook, por exemplo. 

“Sempre fomos mais cautelosos em termos de recrutamento. Neste estágio de nosso crescimento, acho que nosso ritmo, nossa cadência de contratação é ideal para nós”, disse o empresário. 

Recentemente, a Meta anunciou que estava com dificuldades e optou por cortar cerca de 11.000 empregados em toda a empresa. O Twitter também cortou cerca de metade de seus funcionários, após ser vendido a Elon Musk, novo dono da plataforma. A Amazon também seguiu o mesmo caminho. 


Escritório da TikTok. Foto: Reprodução/ Chris Delmas).


Segundo os atuais e antigos líderes destas companhias, revelaram que a expansão das mesmas ocorreu de uma maneira muito rápida, principalmente no período da pandemia da covid-19, quando as pessoas mudaram completamente o seu modo de viver, e o consumo dos meios digitais teve um aumento significativo.

Após o auge dos aplicativos, as empresas se encontram em uma situação delicada e temem por uma recessão geral. O corte de empregados pode favorecer o TikTok para crescer cada vez mais e se estabelecer cada vez mais como uma das maiores empresas dos Estados Unidos, além de dar a possibilidade de expandir seus negócios. 

Atualmente, o TikTok conta com mais de 4.000 cargos. Contudo, não se sabe a frequência com que o site de contratações é atualizado. 

Foto destaque: TikTok. Reprodução/Bright.NL.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo