Notícias

Surto de gripe é consequência da baixa cobertura vacinal, dizem especialistas

Infectologistas alertam sobre o uso de máscara e recomenda que a população tome a vacina da gripe. Por conta do surto de Influenza em algumas cidades, alguns hospitais apresentam superlotação.

3 min de leitura
20 Dez 2021 - 22h00 | Atualizado em 20 Dez 2021 - 22h00

O vírus influenza está causando um surto em algumas cidades e estados do Brasil. Apenas no Rio de Janeiro, o vírus H3N2, também conhecido como Darwin, já provocou 6 mortes, em meio a uma escassez de vacina e lotação de hospitais. 

Em São Paulo, o vírus está em circulação, provocando aumento de atendimentos nos prontos-socorros da cidade. Comparando com dados do ano anterior, durante o pico da gripe, foram registrados 12 casos de internações em quatro meses, enquanto esse ano já são 19 hospitalizações em uma semana. Especialistas acreditam que esse aumento deve ocorrer em várias cidades e capitais do País.


Frasco de vacina contra a Influenza. (Foto: Reprodução/Dra. Keilla Freitas)


Uma das razões foi a baixa adesão à imunização disponibilizada para idosos, gestantes, crianças e profissionais da saúde. Mesmo tendo sido feita uma campanha convocando a população para se vacinar, a cobertura vacinal não atingiu o esperado. 

Das 80 milhões de doses distribuídas para São Paulo, apenas 40 milhões foram aplicadas. Outro fator atenuante no estado foi a vacinação da gripe ocorrer em local diferente da vacinação contra a covid-19, justamente para evitar as aglomerações, o que acabou dificultando o deslocamento entre os postos.

Um especialista da Universidade de São Paulo diz que a volta às aulas fez com que as crianças fizessem os vírus circular, levando-os para dentro de casa. Além disso, é importante ressaltar que a vacina contra o influenza não protege 100%, por isso muitas pessoas que tomaram a vacina podem ter contraído essa gripe. 

https://lorena.r7.com/post/Pfizer-anuncia-eficacia-de-pilula-antiviral-no-tratamento-da-Covid-19

https://lorena.r7.com/post/Queiroga-e-desmentido-por-camara-do-Ministerio-da-Saude-que-apoia-a-vacinacao-infantil

https://lorena.r7.com/post/Franca-antecipa-intervalo-da-dose-de-reforco-de-vacina-por-conta-da-variante-omicron


Também conhecida como Darwin, por ter sido identificada na Austrália pela primeira vez, essa cepa não está coberta pela atual vacina. A H3N2 é responsável pelo surto do Rio de Janeiro. 

Especialistas recomendam que a população tome a vacina da gripe e se proteja para o próximo ciclo da doença”. Em uma rede social, o infectologista Átila Iamarino faz um alerta: “Pegou gripe esses dias? Se repetir essa exposição, vai encontrar a Omicron. Que tal encontrá-la de máscara e com dose de reforço? O vírus da gripe e coronavírus (COVID) são transmitidos do mesmo jeito, mas a Omicron é muito mais contagiosa. Onde passa gripe, passa Omicron.”

 

Foto destaque: Gripe causada pela H3N2 está causando mais mortes do que a Covid-19 no Rio de Janeiro. Reprodução/Shutterstock

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo