Saúde

Ser mãe é mais complexo do que parece; afirma neurociência

Muitas mães sofrem ao se acharem insuficientes para ocupar essa função, no entanto, a ciência explica esse sentimento e mostra que ser mãe é uma tarefa mais complexa do que parece.

3 min de leitura
17 Out 2022 - 18h25 | Atualizado em 17 Out 2022 - 18h25

Existe um ideal moldado por filmes hollyoodianos e livros extremamentes romantizados de como ocorre o parto, pós-parto e convívio da mãe com o filho, um nascimento cheio de dor e recheado de muitos gritos com um pai emocionado acompanhado a esposa após um rompimento dramática da bolsa seguido de uma correria para levá-la ao hospital, logo após toda essa emocionante cena, a mãe está magicamente rosada, feliz, recuperada, cabelos alinhados e feições angelicais, é quando recebe seu bebê em seus braços e lhe dá todo o amor e carinho que aguardou nove meses para dar.

Toda essa cena é muito bonita e dramática, mas, sinto informar, não condiz com a realidade, muitas vezes o parto é permeado por doses de sedativos e momentos não tão agradáveis, que podem culminar em uma mãe extremamente cansada ao receber seu filho no colo e que se sente um fracasso como mãe ao não estar totalmente disposta para ninar seu bebê, quando esse é um sentimento compreensível após o parto.


Relação entre mãe e filho tem muitas nuances (Foto: Reprodução/NestléBebê)


Todo esse processo é explicado pela ciência, muita ansiedade é gerada pelo momento perfeito com base em cenas montadas para a TV e cinema, e quando ela não é devidamente realizada é substituída por um sentimento de tristeza e decepção.

Esse modelo de maternidade pode ser prejudicial para a saúde mental das mães e ser um fator crucial para o surgimento da depressão pós-parto, ao mesmo tempo em que novas pesquisas apontam que a maternidade possui um efeito neuroprotetor no cérebro da mãe e ajuda a atrasar o surgimento de marcas da idade.

Além disso, é falsa a ideia de que existe um passo a passo a ser seguido para que a experiência de ser mãe seja completa, por exemplo, o ato de amamentar, do qual muitas mães são privadas, não implica em uma conexão automática ou a falta dela na relação mãe-filho.

 

Foto Destaque: Mãe e filho (Foto: Reprodução/ Bebemãe)

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo