Esportes

Senegal é campeão africano

Senegal foi campeã, pela primeira vez, da Copa Africana, algo que não ocorria há 20 anos. A final contra o Egito gerou o confronto da dupla de ataque do Liverpool, Salah e Mané.

3 min de leitura
06 Fev 2022 - 21h58 | Atualizado em 06 Fev 2022 - 21h58

A seleção senegalesa se tornou campeã da Copa Africana das Nações nos pênaltis, na partida que foi disputada hoje, dia 6 de fevereiro. Os campeões foram melhores a partida inteira, a qual o Egito se retrancou em seguida no campo e tentava fazer jogadas de contra-ataque com o seu trio de ataque, mas principalmente com seu melhor jogador e concorrente a melhor do mundo, Salah. A partida aconteceu no Olembe Stadium em Camarões, país que sediou o torneio. 


Mané com a taça da Copa Africana.(Foto:Reprodução/Liverpool/Instagram).


Sadio Mané, o ponta do Liverpool, logo no começo do jogo, perdeu um pênalti e pareceu destino o fato de que o pênalti final, que deu a taça, foi do mesmo jogador. O Senegal havia disputado uma final de Copa Africana em 2002, porém foi derrotado nos pênaltis após uma cobrança desperdiçada pelo Aliou Cissé, que, 20 anos após aquele episódio, estava no banco de reserva como técnico da seleção de seu país.

Os campeões africanos não possuem só um ataque poderoso mas sua linha defensiva é de fazer inveja. Os senegaleses contam com Edouard Mendy no gol, eleito melhor do mundo na posição, os zagueiros Koulibaly do Napoli e Diallo do PSG e ainda os reservas do Paris Saint Germain e Bayern de Munique, Gueye e Bouna Sarr, respectivamente. No lado do Egito, o companheiro de time de Mané, o Salah, foi a grande arma dos vice-campeões, porém o melhor jogador da partida, sem dúvidas, foi o goleiro Gabaski que defendeu a meta egípicia por 120 minutos, mesmo sendo massacrado e ainda defendeu o pênalti do Mané no começo do jogo e o do Bouna Sarr nas cobranças de penalidade.

A seleção de Senegal jogou com: Edouard Mendy, Bouna Sarr, Koulibaly, Diallo, Ciss; Nampalys Mendy, Gueye, Kouyaté (Pape Gueye), Ismaila Sarr (Dia), Diédhiou (Dieng), Mané. O Egito entrou com: Gabaski, Ashour, Abdelmonem, Handi, Fatouh; Elneny, Fathi (Lasheen), Al-Sulaya (Trezeguet), Salah, Mohamed (Hamdy) e Marmoush (Zizo).

 

Foto Destaque: Aliou Cissé comemorando com os jogadores. Reprodução/FootballSenegal/Instagram.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo