Money

Senacon investigará 23 instituições financeiras por possíveis fraudes em cartões de créditos consignados

Bancos como Bradesco, Banco do Brasil, Nubank e outras 23 instituições financeiras vão ser investigados pela Senacon por suspeita de fraude em cartão de crédito consignado

3 min de leitura
26 Ago 2022 - 20h20 | Atualizado em 26 Ago 2022 - 20h20

No dia 25 deste mês, o Ministério da Justiça e Segurança Pública divulgou que irá investigar instituições financeiras por possível fraude em cartões de crédito consignados. Ao total são 23 instituições financeiras. 

A Senacon, Secretaria Nacional do Consumidor, abriu a investigação para os seguintes bancos: Banco Bradescard, Banco Bradesco, Cartões S.A, Banco Bradesco S.A, Banco Cetelem S.A, Banco CSF S.A, Banco do Brasil, S.A, Nu Pagamentos S.A, Banco Itaucard S.A, Banco Losango S.A, Banco Pan, Banco Santander (Brasil) S.A, Banco Triângulo S.A, Bancoob, BV Financeira S.A. CFI,  Midway S.A - SCFI, Nu Pagamentos S.A, Caixa Econômica Federal, Hipercard BM S.A FIN, Itaú CBD CFI, Luizacred S.A. SOC CFII, Pernambucanas Financ S.A. CFI, Portoseg S.A. CFI e Realize CFI S.A. 

O Itaú se pronunciou dizendo que não comercializa cartão de crédito consignado e está à disposição do Senacon, caso precise de algum esclarecimento.

O Nubank apenas declarou “ Não somos habilitados para oferecer este produto e não oferecemos cartão consignado”.

A Sicoob e o Banco do Brasil estão à disposição dos órgãos competentes para qualquer esclarecimento. 

Porto Seguro Bank e Banco CFS estão à disposição para qualquer esclarecimento e  afirmam que não comercializam esse tipo de cartão. 


Cartão de crédito Cetelem (Reprodução/Instagram)


Enquanto o Banco Bmg e Banco Cetelem afirmam não terem recebido a notificação formalmente do processo administrativo. 

O Bradesco apenas disse que não vai declarar nada sobre o assunto. Enquanto, Banco Pan, Caixa Econômica Federal e outras instituições não se pronunciaram até o momento. 

A investigação teve início após uma denúncia de um órgão de defesa do Estado do Rio de Janeiro alegando que consumidores estão sendo  lesados com a emissão não autorizada dos cartões e das cobranças de juros em faturas com desconto do pagamento mínimo diretamente em folha.

A fraude ocorre quando o cliente ao contratar um empréstimo consignado, recebe também  um cartão de crédito, sem nenhuma informação de que o empréstimo recebido é lançado como saque no cartão e depositado em sua conta corrente.

 

Foto Destaque; Cartão Nubank. Reprodução/Instagram

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo