Money

Seis dicas para evitar golpes envolvendo o Pix

o Pix é uma ferramenta criada um pouco a mais de um ano que permite que seus usuários façam transações com muita rapidez e praticidade, saiba como se proteger de golpes envolvendo o Pix.

3 min de leitura
22 Dez 2021 - 22h00 | Atualizado em 22 Dez 2021 - 22h00

Em 2020 a ferramenta de pagamento instantâneo Pix, foi criada e desde seu lançamento tem sido bastante utilizada pelos Brasileiros, por ser gratuita e principalmente ser muito prática e rápida.

Assim como o Pix beneficiou muitas pessoas por conta de sua praticidade, também acabou se tornando um atrativo para criminosos fazendo com que muitas pessoas fossem lesadas. Mesmo com as restrições de horários implantadas pelo Banco Central, no primeiro trimestre de 2021 foram feitos mais de dois milhões de registros de fraudes relacionadas as dados bancários de acordo com o Dfndr Lab, principal laboratório de cibersegurança da América Latina.


 

                                                                                       Transação por pix  (Foto: Divulgação/Techmundo)


Confira algumas dicas para saber como se proteger e evitar cair neste tipo de fraude:

Verifique a chave antes de finalizar o pagamento
O PIX é uma forma de pagamento irrevesível por isso é de extrema importancia confirmar a chave pix do destinário antes de finalizar a transação.

Cuidado com os falsos comprovantes de pagamento 
Segundo Paulo Castro, CEO e co-fundador do Contbank um dos golpes que mais funcionam para os criminosos, principalmente com empresas, é quando o cliente envia o comprovante de transação falso: “É sempre necessário conferir no extrato da conta se o dinheiro realmente entrou. Como o pagamento é feito de maneira instantânea é possível olhar pelo próprio aplicativo bancário”.
Se comprar online não pague fora da plataforma oficial do local 
Se estiver comprando online, a dica indispensável é que a compra seja finalizada apenas dentro do próprio site ou app da loja, desta forma, caso a encomenda não chegue há garantia de ressarcimento. "O Pix trouxe mais agilidade e inclusão para os variados tipos de usuários brasileiros. Em contrapartida, a facilidade também chega aos fraudadores, que agora têm mais uma ferramenta para alimentar seus esquemas fraudulentos, por isso, é preciso estar sempre atento" explica Ralf Germer, CEO da PagBrasil, fintech brasileira líder em pagamentos em e-commerces ao redor do mundo.

Ative a autenticação de dois fatores 
Este recurso está disponível em varios apps para reforçar a segurança do acesso. “Ao ativar a verificação em duas etapas, como um código de SMS ou PIN, o usuário precisa fornecer uma segunda informação após inserir login e senha, e só então terá acesso à conta. Isso dificulta que o perfil seja clonado. Além disso, em hipótese alguma, compartilhe as suas senhas, nem utilize o salvamento automático em serviços sensíveis de pagamento, a exemplo do home banking”, destaca Andrew Martinez, CEO da HackerSec, empresa referência em cibersegurança no país.

https://lorena.r7.com/post/Virginia-surpreende-com-look-e-usa-camisola-em-festa-saiba-de-todos-os-detalhes

https://lorena.r7.com/post/Carol-Castro-e-Bruno-Cabrerizo-terminam-o-relacionamento

https://lorena.r7.com/post/Isis-Valverde-posa-na-praia-com-bolsa-de-grife-avaliada-em-R-9-mil


Fique atento a golpes mais cautelosos
Além das maneiras diretas existem golpes mais refinados que precisamos ter atenção, há por exemplo crimes envolvendo esquemas hackers. Segundo uma empresa especializada em mineração de dados um arquivo pode ser enviado por email ou link suspeito que apartir do momento que o usário abre é instalado automáticamente um sistema espião em seu computador sem que se perceba. “Quando o aplicativo bancário é aberto, o malware captura todas as informações da pessoa. Pela facilidade do pix, é possível transferir toda a quantia da conta para o criminoso. O ideal é não clicar em nenhum link de origem duvidosa”.

Desconfie de falsas centrais de atendimento telefônica de instituições financeiras
Além de todos esses cuidados que devemos tomar acima, infelizmente até com ligações de instituições  devemos ter cautela, Muitas vezes, golpistas entram em contato por telefone ou whatsapp se passando pela instituição financeira para ajudar a vítima a fazer o cadastramento da chave pix, e induz a fazer uma transferência ou solicita informações sigilosas ao cliente. “Sempre desconfie, afinal, o banco nunca solicitará dados pessoais ao cliente, seja por e-mail, telefone ou redes sociais. Caso tenha qualquer dúvida, é importante entrar em contato com seu banco” comenta Alberto André, CEO do Plusdin, portal de produtos e serviços financeiros que recomenda produtos exclusivamente de acordo com as necessidades de cada cliente.

 

Foto Destaque: Logo Pix. Divulgação/transfeera.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo