Saiba o que comer antes de treinar

Publicado 02 de Dec de 2020 às 14:59

Com a reabertura de alguns locais públicos, especialmente as academias, muitas pessoas voltaram a sua rotina normal de treinos. A prática de exercícios físicos por parte dos brasileiros registrou um aumento de 29% daqueles que praticam atividades como caminhada, dança ou natação.

Segundo dados no estudo sobre Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) Brasil 2019, divulgado pelo Ministério da Saúde, prevalece a classe de adultos, que passou de 30,3% em 2009 para 39,0% no ano passado. Porém, a grande dúvida que surge em muitos que praticam atividades físicas é: O que comer antes dos treinos?

Primeiramente, é necessário entender que não é indicado treinar assim que se termina uma refeição. Quando comemos, nosso corpo concentra o sangue para os órgãos da digestão, como o estômago e o intestino. Assim, outras áreas do nosso corpo ficam com menos demanda sanguínea, dificultando o rendimento nos treinos.

Leia mais: A importância de atividades físicas para a saúde


Alimentos pré-treino, malhaçãoUma boa alimentação no pré-treino ajuda no rendimento. (Foto: Reprodução/Pixels)


O tipo de alimento também interfere na maior ou menor disposição para treinar. Alimentos como carnes, frango, inhame, batata ou feijão, que são alimentos mais sólidos, devem ser ingeridos com preferência de 2 a 3 horas antes dos treinos. Alimentos mais pastosos, como ‘shakes’ proteicos, sucos e vitaminas, podem ser ingeridos até 1 hora antes do exercício. Nesses casos de líquidos, existem suplementos que foram originalmente criados pensando justamente nessas questões, assim como pós-treino.

Alguns alimentos ricos em carboidratos são os mais recomendáveis, como banana, que contém alta concentração de vitaminas do complexo B e potássio; cereais integrais, que tem baixo índice glicêmico; batata doce, contendo 20% de glicídios e rica em fibras, sendo muito utilizada no meio esportivo, entre muitos outros alimentos.

Vale ressaltar que, para uma melhoria na qualidade do seu treino e também um maior rendimento em relação à alimentação, é sugestivo um acompanhamento de um especialista, no caso um nutricionista. Ele irá saber quais fontes alimentícias são necessárias para o seu corpo e tipos de exercícios mais eficazes.

 

(Foto destaque: Atividades físicas melhoram o desempenho corporal. Reprodução/Pixabay)

Deixe um comentário