Empreender na Prática

Saiba como definir o valor de venda para seu produto ou serviço

Para saber o valor justo do seu produto ou serviço, é importante compreender aspectos como: a relação entre custo e despesa, margem de contribuição, entre outros.

3 min de leitura
22 Nov 2022 - 10h42 | Atualizado em 22 Nov 2022 - 10h42

Um dos aspectos mais importantes e delicados quando abordamos o tema do empreendedorismo é saber quanto e como cobrar pelo produto ou serviço prestado. Com relação a isso, muitos empreendedores pensam que basta somar o preço de custo, a margem de lucro e outros gastos da operação.

Porém, realizar esse calculo de maneira justa e beneficiá aborda outros aspectos, como, por exemplo, conhecer os valores aplicados pelo mercado e buscar um ponto de equilíbrio para o seu negócio. 

Ter esses e outros pontos bem estabelecidos é essencial para ter um produto ou serviço que faça sucesso, por isso, confira alguns pontos que devem ser analisados para alcançar esse objetivo:

Analisar relação entre custo e despesas

Quando falamos de uma ação empreendedora, prezar pela qualidade do que oferta e estabelecer boas estratégias de marketing é essencial, porém, todos esses pontos tendem a não ser bem valorizados se não há, primeiramente, uma definição coerente de preço.

E para conquistar esse aspecto, o SEBRAE conta que é necessário estudar os elementos que compõe um preço de venda, como, por exemplo, o real significado de gastos, custos e despesas.


Saiba como calcular o valor de venda ideal. (Foto: Reprodução/Freepick)


Explicando de maneira geral, os gastos são os bens e serviços que um empreendedor precisa ter, o que envolve desde a compra da matéria-prima, mão de obra usada ou prestação de serviço. Na sua composição financeira, isso deve ser dividido entre custo e despesa.

Por sua vez, o custo está diretamente ligado a produção do bem ou serviço, sendo por meio dele que a empresa consegue chegar ao ponto de venda. Já as despesas estão relacionadas a gestão do negócio, ela apresenta um papel importante no aumento ou redução dos lucros.

Compreenda a margem de contribuição

Esse fator é essencial dentro de um demonstrativo de resultado, ou DRE, visto que é ela que explica como cada produto e serviço ajuda no crescimento da sua empresa. Essa margem define se a sua receita é o bastante para pagar seus custos e despesas fixas, e para compreender como está a situação financeira do seu negócio.

Essa margem de contribuição também pode ser chamada de ganho bruto, representando uma possibilidade de lucro, e de acordo com o SEBRAE, ela pode ser medida de duas formas:

  • Unitária: quando a análise é feita sobre um produto;
  • Total: quando a avaliação é realizada em toda a capacidade produtiva de um empreendimento.

Para realizar esse calculo, a fórmula deve ser: Margem de contribuição = Valor das vendas – (custos variáveis + despesas variáveis).

Se você já tem esses aspectos compreendidos no seu negócio, é hora de definir o seu preço de venda.

Defina o preço de venda do seu produto ou serviço

Quando se deseja estabelecer o preço de venda, é necessário compreender aspectos como os gastos variáveis e despesas fixas e a margem de lucro que se deseja obter, e para isso, é possível aplicar a seguinte fórmula:

Preço de venda = Gastos variáveis unitários (R$)x  100 [100% – margem desejada (%)]

Ou então, esse calculo pode ser realizado de uma maneira mais simples: basta dividir o preço de venda (PV), pelo valor de aquisição ou produção (VP).

 

 

Foto Destaque: Como calcular o valor do seu negócio. Reprodução: Freepick

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo