Money

Saiba como a guerra entre a Rússia e a Ucrânia pode afetar a economia no Brasil

Diante do cenário de confronto entre Rússia e Ucrânia, a elevação da pressão inflacionária e a diminuição das possibilidades de crescimento econômico são alguns dos efeitos na economia brasileira.

3 min de leitura
25 Fev 2022 - 17h55 | Atualizado em 25 Fev 2022 - 17h55

Uma invasão total contra a Ucrânia foi autorizada por Vladimir Putin, presidente da Rússia, na madrugada desta quinta-feira, 24, iniciando o que pode ser considerado o maior confronto armado desde a Segunda Guerra Mundial no continente Europeu. O presidente russo afirma que não havia outra alternativa que não fosse ordenar o que ele nomeou como "uma operação especial contra a Ucrânia", alegando que todas as tentativas feitas em Moscou para modificar a situação de segurança não deram resultados.

Diante desse cenário, a elevação da pressão inflacionária e a diminuição das possibilidades de crescimento econômico são alguns dos efeitos na economia brasileira, advindo do confronto entre os dois países europeus de acordo com especialistas.

Na quinta-feira, 24, o valor dos petróleos Brent e WTI chegaram aos níveis mais elevados desde agosto e julho de 2014, respectivamente. O Brent chegou a preço de US$ 102,25 o barril, um aumento de 5,37% e o WTI foi para o valor de US$ 95,46, tendo um aumento de 3,65%. Esse aumento levou os papéis da Petrobras (PETR3 e PETR4), a registrarem ganhos na tarde do dia 24.

Visto que a Rússia é o segundo maior exportador de petróleo do mundo e o terceiro país que mais produz, esse confronto em que o país está envolvido afeta negativamente o fornecimento da commodity. Devido ao aumento da demanda por combustíveis após a reabertura das economias pós-pandemia, os resultados da diminuição dessa ofertar podem ser extremamente agressivos.


Imagens do ataque contra Kiev capital da Ucrânia. (Foto: Reprodução/Agência Brasil)


O preço do gás natural também pode subir e como consequência o valor dos alimentos também. A Rússia fornece cerca de 35% da oferta de gás natural no continente europeu. Mesmo não dependendo do fornecimento da Rússia, o Brasil acaba ficando vulnerável com a diminuição dessa oferta, pois grande parte dos fertilizantes que o Brasil importa são oriundos da Rússia, a produção desses produtos é feita a partir de gás natural, em especial os fosfatados, o cloreto de potássio e os nitrogenados.

No pregão ocorrido na última quinta-feira, 24, o gás natural teve uma alta de 40%, o repasse desse aumento gera impacto na agricultura brasileira e pode levar ao aumento dos preços dos alimentos. Segundo Pedro Brites, professor da escola de relações internacionais da Fundação Getúlio Vargas, o Brasil possui uma grande participação na importação de trigo. “Mais de 80% do trigo importado pelo nosso país vem da Argentina. Mas como esses preços são cotados internacionalmente, surge uma pressão inflacionária sobre os alimentos também”, afirma ele.

O professor acrescenta que outros impactos econômicos dependerão do agravamento dos ataques. De acordo com ele, ocorrendo uma participação mais ativa dos países europeus e até mesmo dos Estados Unidos nesse confronto, o cenário poderá ser ainda mais crítico.

 

Foto Destaque: Imagens da bandeira da Ucrânia e Rússia. Reprodução/Forbes

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo