Notícias

Rússia veta proposta que condena invasão à Ucrânia durante Conselho da ONU

Rússia veta proposta que condena invasão ao território ucraniano, enquanto Brasil se posiciona a favor. A negativa aconteceu durante reunião do Conselho de Segurança da ONU

3 min de leitura
26 Fev 2022 - 13h37 | Atualizado em 26 Fev 2022 - 13h37

Nesta sexta-feira (25), os representantes do Conselho de Segurança da ONU se reuniram para votar a resolução que pretendia condenar a invasão russa ao território ucraniano. Como a própria Rússia faz parte do Conselho, a nação teve direito ao voto, e optou por vetar a proposta. 

O texto em questão recomendava que a Rússia interrompesse o uso da força e retirasse suas tropas do território ucraniano. Ainda, solicitava ao país que se abstesse de qualquer ameaça ilegal ou uso de força contra um estado membro da ONU". A proposta foi apoiada por cerca de 60 países, fora os 11 membros do Conselho. China, Índia e Emirados Árabes se abstiveram. 

Perante o cenário, o Brasil votou a favor da resolução. O embaixador do Brasil na Organização das Nações Unidas (ONU), Ronaldo Costa Filho, pontuou a gravidade da situação visto que o uso da força vai contra os princípios do Conselho. Sendo assim, o representante alertou para a necessidade urgente de que se tomem medidas para sanar o conflito.  


Ronaldo Costa Filho, embaixador do Brasil na ONU (Foto: Reprodução/Carlo Allegri/Reuters).


No dia anterior, o vice-presidente brasileiro, Hamilton Mourão, comentou que o Brasil não estava neutro diante do confronto russo-ucraniano, afirmando o posicionamento contrário à guerra. Porém, o presidente Jair Messias Bolsonaro invalidou a postura do colega, dizendo que quem deve se manifestar é o presidente da nação.  

Diante do veto russo, o Conselho de Segurança da ONU pode enviar um texto equivalente para a Assembleia Geral das Nações Unidas. O documento será avaliado pelos 193 membros da ONU e, nessa instância, não terá direito a veto. 

De forma geral, o Conselho manifesta preferência pela diplomacia; o então presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse em pronunciamento na sexta-feira (18), que os conflitos poderiam ser evitados por meio do exercício da diplomacia. No entanto, acreditava que a Rússia estava pronta para realizar um ataque às terras ucranianas. Tal como acreditava Biden, as tropas russas deram início à investida na quinta-feira (24). Confira aqui o pronunciamento do líder norte-americano. 

Foto Destaque: Vassily Nebenzia, embaixador russo na ONU. Reprodução/Carlo Allegri/Reuters.

VEJA TAMBÉM

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo