Money

Regulamentação de criptomoedas é uma possibilidade, segundo deputados estadunidenses

Criptomoedas podem sofrer grande regulação nos Estados Unidos: governo americano visa cerca de 18 projetos de lei para regularizar criptoativos no país.

3 min de leitura
26 Ago 2021 - 12h48 | Atulizado em 26 Ago 2021 - 12h48

O mercado das criptomoedas pode passar por grandes mudanças nos próximos meses nos Estados Unidos. Conhecidos pela falta de regulamentação e presença estatal, os investimentos em moedas digitais podem começar a seguir uma supervisão regulatória, de acordo com os projetos de lei na Casa Branca.

 

A indústria de criptomoedas cresceu exponencialmente nos últimos anos - só em 2020, a Bitcoin, principal moeda digital, aumentou 300%. Esse aumento se dá pela grande procura e a facilidade de investimento em criptoativos.


 

Procura por criptomoedas cresceu nos últimos anos (Foto: Reprodução/Pixabay)


 

As criptomoedas também não sofrem nenhuma ação regulatória nos Estados Unidos - não existe nenhum órgão central ou lei que regule o tema. No entanto, essa realidade pode mudar: em 2021, a Casa Branca já registrou mais de 18 projetos de lei que abrangem as criptomoedas.

 

Os projetos de lei visam a regulamentação da moeda e legislações específicas crimes de evasão fiscal com tais moedas. O deputado Tom Emmer apresentou o projeto ‘Lei de Segurança Regulatória Blockchain’, onde servidores de blockchain não precisam se registrar como transmissores de dinheiro - isso inclui, também, mineradores de criptomoedas.

 

Outro projeto do deputado é a Lei de Clareza de Valores Mobiliários, que separa os tokens digitais dos contratos principais. Assim, o Estado consegue regulamentar ativos digitais na lei de valores imobiliários. 


Inflação ultrapassa os reajustes salariais e prejudica os trabalhadores brasileiros

 

Mercado Livre adquire plataforma de entregas Kangu

 

Bilionário Jeff Bezos processa NASA por contrato com a SpaceX

 

Em entrevista à Time, a autora e investidora Kiana Danial afirmou que essas mudanças podem ser atraentes para o mercado. ‘’Por mais que eu goste da descentralização e da falta de envolvimento do governo, fico feliz que eles estejam prestando atenção porque, infelizmente, com a criptomoeda, existem muitos golpes’’

 

Outros países já começaram a regularizar tais moedas: na China, a mineração de Bitcoin está sendo parcialmente restringida. O vice-primeiro-ministro do país, Liu He, chegou a afirmar a autoridades financeiras que o governo iria ‘’reprimir a mineração de bitcoins e a atividade comercial’’ para a estabilidade financeira do Estado.

 



Foto destaque: Regulamentação de criptomoedas é uma possibilidade, segundo deputados estadunidenses. Reprodução/Pixabay)

Deixe um comentário