Notícias

Quase 140 milhões de brasileiros estão imunizados contra a Covid

De acordo com dados do consórcio de veículos de imprensa divulgados neste sábado (11), 65,31% por cento da população brasileira está totalmente imunizada contra a Covid. São cerca de 139.310.688 pessoas com o esquema vacinal completo.

3 min de leitura
12 Dez 2021 - 21h56 | Atualizado em 12 Dez 2021 - 21h56

De acordo com dados do consórcio de veículos de imprensa divulgados neste sábado (11), 65,31% por cento da população brasileira está totalmente imunizada contra a Covid. São cerca de 139.310.688 pessoas com o esquema vacinal completo. É importante destacar que a vacinação é crucial para a prevenção da vida e da saúde, pois, de acordo com boletim divulgado pela Fiocruz, todos os 4 imunizantes usados no país "conferem grande redução do risco de infecção, internações e óbito por Covid". Para a população abaixo de 60 anos, por exemplo, todas as vacinas apresentam proteção acima de 85% contra o risco de hospitalização e acima de 89% para o risco de óbito.


Vacina contra a Covid. (Foto: Reprodução/Myke Sena/MS)


É possível ver a situação da vacinação de cada estado no site do "Vacinômetro" do Conselho Nacional de Saúde (https://conselho.saude.gov.br/vacinometro). Quinze estados não divulgaram novos dados (AC, AL, AP, GO, MT, PB, PR, RJ, RO, RR, RS, SC, TO, CE e MG) - treze destes por conta da invasão do site e do aplicativo do Ministério da Saúde e da página do ConecteSUS por hackers. 

O ataque hacker, que, segundo a Polícia Federal, expandiu-se às plataformas do Ministério da Economia e de mais de 20 órgãos do governo federal, aconteceu na madrugada desta sexta-feira (10). Segundo mensagem publicada no endereço, "dados internos do sistema foram copiados e excluídos".

https://lorena.r7.com/post/Alimentos-e-chas-podem-ser-aliados-no-controle-da-glicose

https://lorena.r7.com/post/Aplicativo-ConecteSUS-esta-fora-do-ar

https://lorena.r7.com/post/Media-movel-de-mortes-por-covid-19-no-Brasil-e-de-183-por-dia 


Foram atingidas páginas da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), da Funpresp (Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público da União), da ANA (Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico), da Embratur, do Departamento de Polícia Rodoviária Federal, do Instituto Federal do Paraná, do Instituto Federal do Piauí, do Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro e da Escola Nacional de Administração Pública (Enap), ligada ao Ministério da Economia.

Foto destaque: Vacina da Pfizer. Reprodução/Marcelo Piu)

Deixe um comentário