Money

Qualcomm faz acordos com grandes montadoras para digitalizar cada vez mais seus veículos

A produtora de chips para celulares, Qualcomm, fez acordos com diversas montadoras como Volvo, Honda, Renault entre outras, com o intuito de transformar seus veículos em computadores móveis.

3 min de leitura
05 Jan 2022 - 19h49 | Atualizado em 05 Jan 2022 - 19h49

Os automóveis estão evoluindo cada vez mais, visando isso a Qualcomm, empresa conhecida por produzir chips para celulares, anunciou nesta terça-feira que irá começar a fornecer também chips para as montadoras de veículos Volvo, Honda e Renault. Denominada “Qualcomm Digital Chassis”, a ferramenta pode adicionar uma série de funcionalidades aos veículos. A companhia criou uma série de produtos para veículos, desde direção autonoma até sistemas de entretenimento.

O obejtivo da Qualcomm com essa parceria é apenas um, transformar seus veículos em computadores móveis os tornando cada vez mais tecnológicos, esse projeto irá permitir que os automóveis possam ser atualizados sem fio através de um software pago.
Em um evento de tecnologia que acontece em Las Vegas chamado Consumer Electronics Show, a Qualcomm afirmou que fez um acordo com as marcas Volvo e Polestar para o fornecimento de chips "Snapdragon Cockpit" e de um sistema operacional do Google.

O acordo vai permitir que o utilitário esportivo elétrico da Volvo, que começará a ser produzido neste ano, seja compatível com o Google Assistant e o sistema de navegação Google Maps.


Montadora de automóveis. (Foto: Divulgação/istoédinheiro.com.br)


Além disso a Qualcomm anunciou um lançamento, um novo chip e um novo sistema para visão de computadores, que usa câmeras instaladas no carro e inteligência artificial para ajudar o usuário com funções de segurança, como controle automático de faixa de rodagem, o novo "Snapdragon Ride Vision System" usa software da Arriver.

A empresa também divulgou novidades sobre a Honda que começará a usar os chips "cockpit" em veículos que chegarão as ruas em 2023, a marca japonesa quer usar a plataforma para impulsionar o seu sistema multimídia baseado no Android e sobre a Renault que também fechou acordo para utilizar sua tecnologia porém não deram maias detalhes por enquanto.

Além das empresas mencionadas nestes novos acordos, a produtora de chipsets possui parceria com diversas outras gigantes do setor automotivo, como General Motors, Hyundai e BMW.

 

Foto: Fachada Qualcomm. Divulgação/olhardigital.com.br

LEIA MAIS

Deixe um comentário