Saúde

Príncipe Harry afirma sofrer Síndrome de Burnout e aconselha o autocuidado

O membro da Família Real, em vídeo produzido pela empresa Better Up, detalhou a respeito de sua condição com a síndrome de burnout. O príncipe Harry aproveitou e aconselhou que os funcionários tenham espaço no expediente para um "trabalho interno"

3 min de leitura
09 Fev 2022 - 11h13 | Atualizado em 09 Fev 2022 - 11h13

O príncipe Harry, 38, revelou em vídeo produzido pela empresa Better Up, (oferece serviços de coaching e apoio para saúde mental por meio de aplicativo) da qual faz parte desde 2021, revelou que sofre de burnout, tendo dificuldades em conciliar a vida profissional e a família.

No vídeo, o membro da Família Real afirmou: “Eu também sofro de burnout, estou sempre me sabotando nos dias difíceis. Me sinto queimando a vela nas duas pontas. Qualquer combustível que eu tivesse no motor, era tipo, bum. E, nesse momento, você é forçado a olhar para dentro de si mesmo”.

Tal comorbidade é associada a esgotamento físico e mental por causa do excesso de trabalho. A síndrome de Burnout ganhou espaço em discussões a respeito de saúde mental em meio a pandemia e, desde 1º de janeiro, passou a ser considerada uma doença ocupacional, depois de ser incluída na Classificação Internacional de Doenças (CID) da Organização Mundial de Saúde. 


Príncipe Harry revela sua condição durante um evento online. (Foto: Reprodução/Better Up)


Segundo a OMS, burnout é “uma síndrome resultante de um estresse crônico no trabalho que não foi administrado com êxito”. O príncipe Harry afirmou que, para combater a doença, todos os empregadores deveriam dar um tempo aos funcionários para que possam trabalhar seus conflitos internos durante o expediente. Ainda de acordo com o mesmo, os indivíduos deve dedicar cerca de 45 minutos de seu dia para que possam dar mais atenção para si mesmos. 

O príncipe destaca que “do ponto de vista de um empregador, você não pode esperar, no mundo de hoje, que as pessoas trabalhem em si mesmas se você não estiver dando a elas tempo para fazer isso”

Harry, além de ter passado essa recomendação, afirmou oferecer aos seus próprios funcionários um tempo livre para que possam cuidar de sua própria “aptidão mental”, algo que ele também vem pondo em prática. O príncipe diz: “Eu agora tenho de 30 a 45 minutos todas as manhãs. É quando umas das crianças está na escola, a outra está tirando uma soneca, então há uma pausa no nosso programa[…] É para malhar, levar o cachorro para passear, meditar, sair na natureza[…] Espero que todos sejam capazes de fazer isso”.

A afirmação dada pelo duque vai em contraste significativo aos relatos da velha vida de trabalho em Buckingham e Kensington. Segundo informações do The Telegraph, existiam rumores de funcionários reclamando de e-mails às 5 da manhã. Atualmente, mesmo vivendo um estilo de vida mais flexível em Los Angeles (EUA), o príncipe sofre com o estresse que enfrenta e não pode fazer as coisas que “adoraria fazer”. 

Foto Destaque: Príncipe Harry afirma sofrer com síndrome de burnout. Reprodução/F5 Folha - UOL.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo