Saúde

Primeiro ano de pandemia registrou maior índice de mortes por álcool no Brasil desde 2010

Estudo do Centro de Informações sobre Saúde e Álcool revela que o crescimento de 24% foi o maior dos últimos dez anos. O aumento de mortes pode estar relacionado à ofertas de leitos durante a pandemia.

15 Jun 2022 - 22h15 | Atualizado em 15 Jun 2022 - 22h15
Primeiro ano de pandemia registrou maior índice de mortes por álcool no Brasil desde 2010 Lorena Bueri

O primeiro ano de pandemia não registrou altos índices de mortes apenas do Covid-19. Segundo o estudo “Álcool e a Saúde dos Brasileiros – Panorama 2022”, realizado pelo Centro de Informações sobre Saúde e Álcool (CISA) com base em dados do DataSUS, divulgado nesta terça-feira (14), 8.169 mortes totalmente atribuídas ao consumo de álcool foram registradas no Brasil em 2020.

As mortes totalmente atribuíveis ao álcool são aquelas que seriam evitadas caso não houvesse o consumo de bebidas alcoólicas. Exemplos de mortes causadas pelo álcool são: miopatia alcoólica, envenenamento por álcool, transtornos mentais e comportamentais ligados diretamente ao consumo excessivo de álcool, síndrome alcoólica fetal, entre outras.

O número divulgado representa um aumento de 24% em comparação com o total de mortes em 2019 (6.594). Se consideramos a média dos dez anos anteriores, de 2010 a 2019, o número registrado em 2020 ainda é maior, visto que a média desses anos foram 6.830 mortes. O estudo também mostra que o número de internações totalmente atribuíveis ao álcool caiu 15% no primeiro ano de pandemia em comparação a 2019.

Em entrevista a Rádio CNN o psiquiatra e presidente executivo do CISA, Arthur Guerra, relatou que o aumento expressivo dos números pode estar ligado ao período de isolamento proporcionado pela pandemia, que aumentou os casos de depressão e ansiedade, distúrbios capazes de levar ao alcoolismo e dependência química.

“Vimos uma mudança no padrão do consumo de álcool durante a pandemia. [...] Há quem bebia só no fim de semana e que começou a beber todas as noites; há quem bebia todas as noites e passou a beber durante o almoço também e houve a mudança no padrão de compra online de bebidas, com facilidade para jovens. [...] o isolamento também fez com que algumas pessoas ficassem mais depressivas, ansiosas e usassem o álcool como muleta.”, disse o psiquiatra.


Transtornos mentais e problemas emocionais podem levar ao consumo excessivo de bebidas alcoólicas. (Foto: Reprodução/Blog Cella) 


Em relação a diminuição de internações, Guerra atribui a baixa dos números ao período pandêmico, onde quase todos os leitos eram destinados a pacientes com Covid-19. “[...] houve diminuição da oferta de leitos, e isto pode estar relacionado à alta do número de mortes”, explicou à CNN.

O maior crescimento no número de mortes totalmente atribuíveis ao álcool no Brasil em 2020 foi entre adultos de 35 a 54 anos (25,6%), seguido pela faixa etária de 55 e mais (23%) e de 18 a 34 anos (19,5%). Entre homens e mulheres o crescimento foi de 24% e 23% respectivamente.

Dados divulgados em março pela BBC News registram um aumento de mortes por consumo de álcool no primeiro ano de pandemia nos Estados Unidos e Reino Unido. Enquanto o país norte americano teve um aumento de 25,5% no número de mortes, que passou de 78.927 em 2019 para 99.017 em 2020, segundo pesquisa do Instituto Nacional sobre Abuso de Álcool e Alcoolismo (NIAAA, sigla em inglês), o Reino Unido um aumento de 18,6% no número de óbitos por álcool, saltando de 7.565 mortes em 2019 para 8.974; esse foi o maior índice de crescimento registrado nos últimos 20 anos na nação.

Além da morte, o consumo excessivo do álcool pode levar ao desenvolvimento de algumas doenças, entre elas a gastrite, hepatite, cirrose, pancreatite, neuropatia alcoólica, ansiedade e depressão.

Foto Destaque: Happy hour é um dos momentos com mais consumo de bebidas alcoólicas no Brasil. Reprodução: Getty Images.

VEJA TAMBÉM

Série b tudo que você precisa saber é os favoritos aos títulos e novidades Lorena Bueri

Série b tudo que você precisa saber é os favoritos aos títulos e novidades

Veja aqui destaques de uns dos campeonatos mais emocionante do Brasil, vejam também atletas que estão se destacando, os times não querem só o título querem o tão sonhado acesso e cada time vai lutar até o último segundo por isso
Max Verstappen questiona acusação de roubo há três anos na final da F1 Lorena Bueri

Max Verstappen questiona acusação de roubo há três anos na final da F1

Tricampeão da RBR ponderou sobre o fervor da rivalidade com Lewis Hamilton desde 2021, falou em anistia e ainda se referiu aos boatos sobre sua ida para a Mercedes em 2025
Governo de São Paulo terá que esclarecer ao Ministério Público a utilização do Chat GPT na produção de aulas Lorena Bueri

Governo de São Paulo terá que esclarecer ao Ministério Público a utilização do Chat GPT na produção de aulas

O Ministério Público de São Paulo está cobrando do governo do estado explicações sobre conteúdos de aulas nos quais o Chat GPT será utilizado na produção de aulas e de que forma, bem como se há alguma empresa contratada para o atuar com a tecno
Joe Alwyn o mistério por trás do nome associado ao novo disco de Taylor Swift Lorena Bueri

Joe Alwyn o mistério por trás do nome associado ao novo disco de Taylor Swift

Taylor Swift lançou seu novo álbum, "The Tortured Poets Department", levantando especulações sobre possíveis referências ao seu ex-namorado, o ator Joe Alwyn
RBD está conversando sobre uma possível nova turnê  Lorena Bueri

RBD está conversando sobre uma possível nova turnê

RBD é um grupo latino com muito sucesso principalmente no Brasil está conversando sobre novos projetos que pode acontecer ainda em 2024 ou em 2025
Presidente do Palmeiras rebate Landim: 'ganhamos em grama natural' Lorena Bueri

Presidente do Palmeiras rebate Landim: "ganhamos em grama natural"

Landim cutucou o Verdão por querer enfrentar o Flamengo no gramado sintético do Allianz Parque e não em Barueri, onde perdeu no gramado comum
Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo