Celebridades

Polícia apreende passaporte e R$470 mil na casa de Nego do Borel

Polícia apreende passaporte a mais de R$ 470 mil na casa de Nego do Borel. Polícia apreende também celulares e um computador do cantor. As bucas têm relação com as denúncias de Duda Reis

3 min de leitura
29 Jan 2021 - 17h08 | Atulizado em 29 Jan 2021 - 17h08

A Polícia Civil realizou, na manhã desta quinta-feira (28), uma ação de busca e apreensão na casa de Nego do Borel, no Rio de Janeiro. De acordo com a delegada Sandra Ornellas, foram apreendidos um montante de R$ 470 mil em espécie, encontrados em um corfre, o passaporte, celulares e um computador do cantor.

A equipe realizou a busca na propriedade do artista em um condomínio no Recreio dos Bandeirantes, Rio de Janeiro, onde ele mora. As buscas têm relação com as denúncias que Duda Reis fez contra Nego, na Delegacia de Defesa da Mulher, em São Paulo. Na ocasião, a atriz afirmou que o ex-noivo possuia R$ 2 milhões em espécie em casa, além de um fuzil. Duda também contou em depoimento que o cantor teria ameaçado divulgar fotos e vídeos íntimos dela. 

''O dinheiro estava em um cofre, conforme a Duda Reis havia mencionado'', afirma a delegada Sandra Ornellas. A assessoria de comunicação da Polícia Civil do Rio de Janeiro soltou uma nota oficial, leia abaixo:

Leia Mais: Duda Reis se pronuncia sobre aúdio vazado por Nego do Borel


NegoPolícia encontra mais de R$ 400 mil em espécie na casa de Nego do Borel (Reprodução/TV Globo)


Nota da Polícia Civíl do Rio de Janeiro 


"Agentes do Departamento Geral de Polícia de Atendimento à Mulher (DGPAM) da Polícia Civil do Rio de Janeiro cumpriram, na manhã desta quinta-feira (28/1), mandato de busca e apreensão na casa do cantor Nego do Borel, no Recreio dos Bandeirantes. No local foram recolhidos dispositivos eletrônicos, que policiais vão verificar se existem imagens que auxiliem nas investigações, além de R$ 470 mil em dinheiro. O cantor não estava no endereço''.

No começo do mês, a polícia já havia realizado uma operação na casa do cantor, em que foi apreendida uma réplica de um fuzil ''airsoft'', usada normalmente na prática de paintball. A polícia está na fase do inquérito, na qual faz as investigações e recolhe provas. Nego precisará explicar a procedência do valor apreendido e comprovar que tudo está declarado em seu imposto de renda. Se a delegada entender que houve crime, pode até pedir a prisão do cantor. Depois, o caso será encaminhado para o Ministério Público analisar o que foi investigado e decidir se irá arquivar ou oferecer a denúncia. Caso o juiz aceite a denúncia, Borel virará réu. O cantor, até o momento, não se manifestou sobre o caso.

Ex-namoradas vão depor contra Borel

Na próxima semana, Swellen Sauer, ex-namorada de Nego, dará seu depoimento na investigação sobre as denúncias feitas por Duda Reis contra ele. Uma outra ex-parceira do cantor, que não quer tratar do caso publicamente, será intimada a falar com a polícia. Testemunhas que presenciaram as supostas agressões sofridas pela influencer já foram ouvidas pelas autoridades.

 

(Foto destaque: ''Polícia cumpre mandado de busca e apreensão na casa de Nego do Borel''. Reprodução/Instagram)

Deixe um comentário