Notícias

Pentágono confirma cerca de 80 mil soldados russos mortos e feridos

Subsecretário da Defesa dos EUA, Colin Kahl afirma que cerca de 80 mil soldados russos morreram ou ficaram feridos desde o começo da Guerra da Ucrânia.

3 min de leitura
09 Ago 2022 - 15h20 | Atualizado em 09 Ago 2022 - 15h20

Aproximadamente 80 mil soldados russos foram mortos ou feridos na Ucrânia desde o início do conflito. As informações foram confirmadas por Colin Kahl, funcionário do alto escalão do Pentágono.

"Os russos provavelmente sofreram entre 70 e 80 mil baixas em menos de seis meses", relata Kahl, o subscretário da Defesa.

Os equipamentos da força russa também foram prejudicados, cerca de "3 mil ou 4 mil" veículos blindados foram danificados e os armazenamentos de mísseis guiados de precisão podem estar se esgotando.


                                                                                    Militares ucrânianos na guerra        (Foto: Anatolii Stepanov/ AFP)


O alto funcionário dos EUA apontou que o exército russo estivesse possivelmente com o número de mísseis guiados próximo da reserva e guardando para "outra contigência", visto a diminuição do uso dessa arma.

O impacto dessas perdas possui uma enorme relevância, "considerando que os russos não alcançaram nenhum dos alvos de Vladimir Putin no início da guerra", afirmou o membro do órgão de defesas norte-americana.

"Fizeram alguns progressos no Leste [da Ucrânia], embora muitos poucos nas últimas semanas. Mas isto teve um custo extraordinário para os militares ucranianos e à assistência internacional que receberam", declarou.

Em seu discurso, Kahl disse que ambos lados estão sofrendo com o confronto e que a guerra é algo muito intenso na história da Europa. Além disso, destacou o espírito do povo ucrâniano, "têm muitas vantagens, uma delas é sua vontade de lutar".

A Ucrânia informou pelo menos 10 mil mortes e 30 mil feridos em suas tropas militares.

De acordo com uma fonte militar que pediu para não se identificar, o Exército ucrâniano contava com 170 mil soldados ativos e 100 mil na reserva, no começo da guerra, em 24 de fevereiro. No momento, eles cresceram e a sua composição chegou entre 300 mil e 350 mil militares.

Antes da invasão, cerca de 150 mil a 200 mil soldados russos foram mobilizados para as fronteiras da Ucrânia, de acordo com estimativas ocidentais.

 

Foto Destaque: Exército russo na guerra da Ucrânica      Reuters/Alexander Ermochenko

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo