Esportes

Pelé o rei do futebol completa 82 anos nesse domingo

Marcado para sempre na história do futebol, como o melhor jogador de todos os tempos, Pelé completa 82 anos de vida neste domingo. Relembre aqui os maiores feitos já realizados pelo craque.

3 min de leitura
23 Out 2022 - 20h34 | Atualizado em 23 Out 2022 - 20h34

Nesse domingo (23), o rei do futebol, Pelé, completou 82 anos de vida. Natural de Três Corações, Minas Geras, o astro defendeu o Santos e o New York Cosmos, além da seleção brasileira. Ao todo o ele disputou 1366   jogos e marcou 1283. Pelé enfileirou taças por onde passou, pelo Santos levou 6 campeonatos brasileiros, 2 taças Libertadores da América e 2 mundiais de clubes. Pela seleção canarinho Pelé venceu 3 copas do mundo.


Pelé (Foto:Reprodução/Instagram)


Inicio

Pelé nasceu em 1940, na cidade de Três Corações, no interior de Minas Gerais, em 1950 ao ver o pai chorar pela derrota do Brasil na final da Copa do Mundo, o jovem prometeu que se tornaria um jogador de futebol e iria conquistar o torneio. Morando em Bauru, ele começou a atuar no time júnior do Bauru Futebol Clube, o baquinho, mesmo sendo o caçula da equipe Pelé logo se torna um dos artilheiros do time. Após a experiência, Pelé começou a jogar futebol de salão, também se destacou e com apenas 14 anos, já jogava ao lado de adultos.

Em 1956 recebeu propostas do Noroeste clube da cidade e do Bangu do Rio de Janeiro, mas ambas foram rejeitas. Britto treinador do time de salão em que Pelé jogava, recomendou que ele fizesse um teste no Santos, logo de cara impressionou o comandante do alvinegro praiano, o técnico Lula, em junho assina daquele ano assina com o Santos, jogando no Juniores da equipe joga 13 partidas e tem uma média de um gol por jogo. Em setembro faz a sua estreia pelos profissionais, em jogo valido contra o Corinthians de Santo André, e logo de cara, já marca o seu primeiro gol, ao fim o Santos venceu a equipe do ABC paulista por 7x1.

O ano de 1957 foi decisivo em sua carreira, Pelé iniciou como reserva devido a sua pouca idade, mas logo desbancou os titulares e virou peça fundamental na equipe do Santos, foi destaque no torneio Rio-São Paulo daquele ano, em 30 jogos anotou 18 gols, e foi o artilheiro da equipe ao lado de Doval, com o sucesso conquistado, foi convocado pela primeira vez, o craque de apenas 16 anos, foi chamado para disputar a Copa Rocca, torneio realizado em 2 jogos entre Brasil e Argentina. Na primeira partida foi reserva e entrou no decorrer da peleja, saindo do banco, Pelé deixou seu gol e se tornou o jogador mais jovem a fazer um gol pela seleção, na segunda partida já como titular, também deixou sua marca e ao fim a amarelinha levou aquela taça.


Pelé (Foto: Reprodução/Instagram)


Carreira no Santos

Com a rápida ascensão ao futebol, Pelé ganhou a camisa 10 do Santos e se tornou a principal referência do time, no clube praiano ele disputou 1116, o primeiro título foi o campeonato paulista de 1958, em 1959 o alvinegro foi campeão do torneio Rio-São Paulo, nesse ano também, o Santos excursionou pela América e em 15 jogos disputados Pelé marcou 14 gols e aumentou sua fama internacional.

 Em 1961, a equipe venceu sua primeira Taça Brasil, o jogador foi o artilheiro da equipe, a taça credenciou o Santos a disputar a Libertadores de 1962, na competição internacional, o clube impressionou a América do Sul e em uma final contra o Penãrol, se sagrou campeão, em setembro daquele ano, disputou-se a copa intercontinental e o Santos se sagrou campeão Mundial, após na final vencer o então campeão europeu, Benfica. No ano seguinte a equipe do rei repetiu a dose e foram bicampeões da copa Libertadores, no mundial jogado na Itália, venceram os donos da casa, o Milan e se tornaram bicampeões mundiais.

Nacionalmente o plantel santista continuava imbatível, eles ainda levaram mais 3 taças brasil (1962, 1963, 1964, 1965, 1968), 7 campeonatos paulistas (1960, 1961, 1962, 1964, 1965, 1967, 1968, 1969, 1973) e outros 2 torneio Rio-São Paulo (1963, 1964). Em todas as competições Pelé era destaque e sempre um dos principais goleadores do time. Em novembro de 1969, o jogador deixa uma marca histórica, marca seu milésimo gol, em jogo contra o Vasco, a equipe praiana venceu por 2x1 e de pênalti, Pelé faz o gol que entra pra história. O jogador ainda jogou até 1974, quando aos 34 anos se despede do clube que se criou e parte para os Estados Unidos onde vai jogar no New York Cosmos.


Pelé e Carlos Alberto Torres (Foto: Reprodução/Instagram)


Carreira no New York Cosmos

Já uma estrela do futebol mundial, Pelé chegou ao New York Cosmos como craque absoluto, sua primeira partida aconteceu em junho de 1975, na ocasião a equipe enfrentou o Dallas, o jogo terminou em um empate de 2x2, transmitida pela CBS, a partida foi assistida por mais de 10 milhões de pessoas, na equipe dividiu o vestiário com outras lendas do esporte como Beckenbauer, zagueiro alemão e o brasileiro Carlos Alberto Torres, capitão da seleção brasileira de 1970. Em 106 jogos pelo clube nova-iorquino, Pelé marcou 64 gols e foi campeão nacional no ano de 1977. Após o título ele anunciou oficialmente sua aposentaria dos jogos oficiais.


Pelé (Foto/ Reprodução)


Carreira na Seleção Brasileira

Após ter sido decisivo na Copa Roca de 1957, Pelé virou figurinha carimbada na seleção, foi convocado para ir para a Suécia, disputar a copa de 1958, sua convocação chegou a estar ameaçada, devido a sua pouca idade, o psicólogo da equipe achava que Pelé era imaturo e poderia atrapalhar o grupo na competição, mas Vicente Feola comandante da amarelinha, ignorou o conselho e levou o garoto de apenas 17 anos. Após Pelé ser reserva nos 2 primeiros jogos, na terceira partida da competição ele e garrincha foram titulares, fundamentais na vitória, a seleção canarinho se classificou para a próxima fase. Nas quartas de finais o Brasil enfrentou o País de Gales e com um gol de Pelé se classificou para as semifinais, na semifinal o Brasil enfrentou os Franceses e com um Hat-trick de Pelé o brasil venceu os europeus por 5 a 2. Na grande decisão o Brasil enfrentou o pais sede, a Suécia, e também pelo placar de 5 a 2, o Brasil se sagrou campeão do mundo pela primeira vez.

Em 1962 no Chile, o Brasil chegou empolgado e queria levar conquistar o Bi mundial, mas no segundo jogo da competição Pelé sofreu uma lesão e ficou de fora do resto do torneio. Sem o craque em campo Garrincha comandou a equipe ao titulo mundial. Em 1966 a seleção brasileira chega na Inglaterra para conquistar o tricampeonato, mas devido a problemas tanto na convocação quanto de organização a equipe cai logo na fase de grupos, até hoje essa é o pior resultado do Brasil em uma copa do mundo.

Desacreditado Pelé pensou em se aposentar da seleção brasileira, mas quando seu amigo, Zagallo, assumiu o comando da amarelinha, Pelé se animou, a equipe foi ao México e no pais latino se sagrou tricampeão mundial, Pelé foi um dos destaques da equipe, jogando de meia, o camisa 10 distribuiu 6 assistências e assinalou 4 gols, sendo um na final. Após a competição se aposentou da seleção, mesmo tendo apenas 30 anos.


Pelé e Zico (Foto: Reprodução/Instagram)


Momentos Históricos

Principal jogador de futebol no mundo, Pelé viveu momentos marcantes no futebol, em 1969, enquanto excursionava pela África, o Santos foi convidado para jogar na Nigéria, na ocasião o país passava por uma guerra civil, mas para que se acontecesse a partida a guerra foi cessado, e a população pode acompanhar o rei do futebol jogar.

Em 1968, em um amistoso o Santos enfrentou a seleção colombiana sub-23, após Pelé fazer uma falta no jogador colombiano, o juiz expulsou o craque brasileiro, mas a expulsão revoltou a torcida local que queria assistir Pelé e entre vaias e gritos o juiz não teve outa escolha a não ser suspender a expulsão e trazer Pelé de volta a campo.

De realeza para realeza, também no ano de 1968, a rainha Elizabeth veio ao Brasil e assistiu uma partida do Santos, ao fim do jogo ela entregou uma taça simbólica a Pelé, após a morte da monarca o jogador foi as redes sociais lembrar do momento.

Após desastres devido uma forte chuva que atingiu Minas Gerais, um amistoso foi marcado entre Flamengo e Atlético Mineiro, toda a bilheteria arrecada seria revertida para as vítimas, Pelé aceitou jogar e a partida amistosa e em abril de 1979 ele entrou em campo usando a camisa 10 do Flamengo, que na ocasião pertencia a Zico.


Pelé e Stallone (Foto: Reprodução)


Fora do Futebol

Após a aposentadoria Pelé também atuou no cinema, nas telonas ele participou de filmes nacionais e internacionais, em 1982 ao lado de Sylvester Stallone, o craque brasileiro estrelou o filme “fuga para a vitória”. Em 1986 participou de “Os Trapalhões e o rei do futebol”, o longa foi assistido por mais de 3 milhões e 600 mil brasileiros se tornando o filme nacional mais visto naquele ano.

Em 1994 se tornou embaixador da UNESCO e em 1995 foi o primeiro ministro do recém criado Ministério do Esporte, na pasta foi o desenvolvedor da “lei Pelé”, que garante direitos aos jogadores de futebol. Em 1998 foi o principal garoto propaganda na luta pela alfabetização das crianças brasileiras.

Foto Destaque: Pelé Foto: Reprodução/Instagram

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo