Money

Pagamento por recorrência pode diminuir inadimplência

Especialista explica as vantagens dessa forma inovadora de pagamento e como PMEs e clientes podem usá-la a seu favor para evitar cobranças e dívidas

3 min de leitura
19 Dez 2022 - 12h30 | Atualizado em 19 Dez 2022 - 12h30

Mais de 69 milhões de brasileiros estão com o nome restrito, de acordo com o mais recente levantamento do Serasa, divulgado no mês de outubro. Para os negócios, esses dados impactam diretamente no sucesso de vendas das empresas, pois quanto maior o número de pessoas endividadas, menor é o crédito disponível, maior é o aperto do orçamento e, consequentemente, menores são as chances de compra.

Considerando essas informações, os negócios precisam investir em soluções inovadoras e que atendam todos os públicos, ajudando os clientes com o orçamento mais apertado a conseguirem adquirir os produtos de que precisam neste fim de ano. Uma delas é o pagamento por recorrência, modalidade de parcelamento que não compromete o limite do cartão de crédito do consumidor nos meses à frente, nem exige que ele tenha o valor total do produto ou serviço disponível em crédito. É a mesma ferramenta utilizada por serviços de streaming e assinaturas online, como Netflix e Spotify, que pode agora ser aplicada em todos os segmentos.

“Aos poucos, o mercado está se normalizando dentro da realidade econômica do pós-pandemia. Após muitos brasileiros passarem por desemprego, corte de custos, replanejamento financeiro, entre outras situações, é preciso que os negócios entendam cada vez as necessidades de cada um”, explica Marcus Linhares, CEO da fintech Bipp, plataforma que oferece serviços de pagamento digitais para pequenas e médias empresas.

Nessa modalidade, as parcelas são lançadas mês a mês, permitindo que pagamentos recorrentes e compras de valor alto sejam realizados dentro da realidade do consumidor, com garantia para o vendedor ou prestador de serviços, e com menos risco de inadimplência. No entanto, muitos empreendedores de pequenos e médios negócios ainda não sabem dessa tecnologia ou não conhecem suas vantagens. Pensando nisso, Linhares apontou alguns motivos para investir na solução. Confira:

Experiência do cliente - A primeira vantagem é a transparência no relacionamento com o cliente. No momento de adquirir o produto ou o serviço, através do pagamento por recorrência, ele já consegue ver todos os valores cobrados mensalmente. “Essa transparência ajuda na gestão financeira das pessoas, para que elas possam se planejar e assim escolher a melhor opção, sem correr o risco de negativar o nome por falta de pagamento e sem deixar de pagar pelo produto ou serviço”, completa Marcus Linhares.

Facilidade na cobrança - O pagamento por recorrência possui a vantagem de efetuar a cobrança mensal automaticamente. Isso é ótimo pois evita que os negócios fiquem sem receber e previne eventuais desgastes com clientes. “Pode parecer besteira, mas, com o dia a dia cada vez mais corrido entre situações e tarefas diárias, o risco de esquecer o pagamento de algum produto ou serviço por falta de atenção é alto, podendo levar qualquer um à lista de inadimplentes. Por isso, a cobrança automática pode servir como lembrete”, explica o especialista.

Controle financeiro da empresa - Ao oferecer o pagamento por recorrência no cartão de crédito, os negócios podem fazer uma integração com todas as bandeiras de cartão, bancos e marketplaces, para visualizar e acompanhar as vendas. É possível acompanhar o ticket médio, as assinaturas adequadas e monitorar o nível de inadimplência dos usuários. Isso facilita a análise de dados para, no futuro, oferecer a melhor opção para seus clientes. “É uma segurança para que as PMEs não sofram golpes e baixas no fluxo de caixa”, afirma o CEO da Bipp.

Nova chance para o cliente - Com o avanço dessa solução, plataformas digitais estão investindo neste método de pagamento cada vez mais, ajudando os ex-inadimplentes a ficar longe da lista do Serasa. “O Bipp, por exemplo, através de uma tecnologia própria, oferece às PMEs do interior do Brasil a possibilidade de inserir o pagamento por recorrência em seus negócios. Assim, os clientes podem comprar determinado produto ou serviço pagando por recorrência, sem comprometer o limite total do cartão. Isso é importante para muitas pessoas que limparam o nome recentemente, um incentivo para não ficar restrito de novo”, finaliza Marcus.

Foto Destaque: Reprodução

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo