Celebridades

Orlando Morais conta sua experiência com a Covid-19 e agradece aos enfermeiros: ‘Vou lutar pela causa deles para toda a vida’

O cantor Orlando Morais, esposo de Glória Pires, relatou sobre sua experiência com a Covid-19 e agradeceu aos profissionais que o ajudaram quando estava internado. Nesta quarta-feira (12) ele fará uma live em homenagem aos enfermeiros.

3 min de leitura
11 Mai 2021 - 11h16 | Atulizado em 11 Mai 2021 - 11h16

Orlando Morais, conta como foi sua experiência enquanto estava internado com a Covid-19. O cantor de 59 anos, foi diagnosticado com a doença no dia 15 de março, e ficou internado no dia 23 e recebeu alta no dia 1º de abril. Ele disse que lembra das vozes que falavam com ele quando ele estava no leito da UTI do hospital DF Star, em Brasília. “Colocar os pensamentos nos filhos”, uma das frases que ele se lembra. Orlando tem 3 filhos, Antonia Morais, Ana e Bento, com a atriz Glória Pires e a enteada Cleo Pires.

 

O artista agradeceu aos profissionais que cuidaram dele e disse que graças aos enfermeiros, ele conseguiu vencer as dificuldades que a doença trouxe para ele, como angústia da sensação de afogamento e falta de ar causada pela pneumonia.

 

“Nunca tinha sofrido tanto fisicamente na minha. Achei que fosse reagir de forma leve, mas tive muita febre e fui direto para a UTI. Não tinha noção do quão duro e sofrido era aquilo de falta de ar e da sensação de afogamento 24 horas. Cada segundo era desesperador. Nos piores momentos, quando estava na UTI, ouvia as vozes dos enfermeiros falando no meu ouvido, ‘coloca os olhos nos seus filhos, lute pelos seus filhos’. Eram como anjos. O amor dessas pessoas e a vontade para que eu ficasse bem me emocionaram muito. Pensei: ‘Quando sair daqui, quero cantar para os enfermeiros e retribuir todo esse amor que recebi’. Vou lutar pela causa deles para toda a vida”, conta.


Orlando Morais com a sua esposa Glória Pires e seus filhos, Antonia, Ana e Bento. (Foto: Reprodução/Instagram)


Apesar de Orlando estar bem agora, ele ainda está se recuperando das sequelas que a Covid deixou. “Continuo fazendo terapia porque meu pulmão acabou ficando lesionado pela pneumonia. Milagrosamente, sinto mais facilidade para cantar do que para falar. Isso é impressionante. Estou muito feliz em poder voltar”, disse ele.

 

Como prometido pelo cantor, ele fará uma live solidária nesta quarta-feira (12) no "Dia do Enfermeiro", para homenageá-los. A live contará com a presença de suas filhas, do cantor Xande de Pilares e Jorge Vercillo. Será transmitida através da plataforma Showln, com o custo de R$5,00 e todo valor arrecadado será revertido para o Conselho Federal de Enfermagem.

 

“Esses profissionais, que deixam suas famílias em casa e dão tanto amor para estranhos, têm uma vida muito difícil e não têm nem piso salarial ainda. Por isso, a gente vai lutar junto com eles pela PL 70/2021, que institui o piso para enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem. Tenho muita gratidão por eles”, disse Orlando. 


Orlando Morais recebe alta após lutar 15 dias contra Covid-19

 

Geraldo Luís relata sua experiência com a Covid-19

 

As atrizes Lilia Cabral, Cissa Guimarães, Maitê Proença e Lucélia Santos foram vacinada contra a Covid-19: “VIVA O SUS”


Dono dos sucessos Figura e Cruzando Raios tem outros projetos além da live. Os projetos que ele tinha em mente precisaram ser adiados por causa da pandemia, mas agora ele pretende retornar com eles, como o lançamento do álbum RN2, do grupo do qual ele faz arte na França, o grupo Rivière Noire. “Já estava gravado, mas tivemos que adiar o lançamento porque não pude ir para a França por causa da pandemia. Pretendemos lançar no segundo semestre deste ano”, conta e diz que já está trabalhando nos álbuns Le Pop e Le Jazz, com participação de Sting, Branford Marsalis e Peter Gabriel.

 

Ele renasceu depois de vencer a Covid e continua sonhando com seus projetos e com um mundo mais tolerante. “Acredito muito nas pessoas, queria que elas pudessem conviver melhor. Não existe certo ou errado, o salvador da pátria, preto ou branco, rico ou pobre… A gente aprende a ler, pensar, a ver filmes e a fazer casas para cada vez ser mais civilizados. Temos que ter vontade de compreender o outro. Todo mundo tem algo a dizer, por mais errado que pareça, todas as pessoas são importantes para mim. Sou apaixonado pelas pessoas. Tanto que não tenho vontade de ir para o céu. Quero ficar aqui no planeta por muitos anos”, declarou Orlando.

 

 

(Foto destaque: Orlando Morais se recuperou da Covid-19 e irá dedicar uma live aos profissionais que o ajudaram. Reprodução/Instagram)

Deixe um comentário