Money

OpenSea capta R$1,7 bilhão e se torna maior plataforma de NFTs

O marketplace de NFTs OpenSea conquistou uma valorização de 800% em apenas 6 meses, a empresa foi avaliada em US$ 13,3 bilhões pelos investidores na rodada de série C

3 min de leitura
06 Jan 2022 - 20h06 | Atualizado em 06 Jan 2022 - 20h06

A OpenSea, plataforma para comercialização de NFTs, foi implantada em 2017 por Devin Finzer e Alex Atallah muito antes dos NFTs conquistarem o interesse do público convencional e das celebridades. “Devin e Alex mostraram verdadeira coragem nos últimos quatro anos, resistindo às incertezas e aderindo à sua visão dos NFTs como um primitivo da mudança mundial e da internet”, afirma Fred Ehrsam, sócio-gerente da Paradigm, que juntamente com a Coatue comandaram o investimento de US$ 300 milhões, cerca de 1,7 bilhão em reais.

A empresa divulgou em seu blog que o valor arrecadado será usado para contratação, investimento em startups, desenvolvimento de produto e melhorar de forma relevante a segurança e a assistência ao cliente. A OpenSea sinalizou na última quarta-feira, que foi avaliada pelos investidores em US$ 13,3 bilhões de dólares na rodada série C. A plataforma conquistou um aumento de aproximadamente nove vezes comparada a avaliação recebida na rodada de série B, que foi de US$ 1,5 bilhão divulgada em julho de 2021.


Celular com logo OpenSea. (Foto: Reprodução/Cryptonews)


Os números gigantes revelam a velocidade que a OpenSea se firmou como o espaço primordial para negociação de NFTs. Mesmo tendo ocorrido alguns erros sérios como acusação de uso de dados privilegiados e até roubo de NFTs, a empresa tem tido bons momentos. A plataforma registrou nos últimos 30 dias 1,6 milhão de transações na Ethereum, com uma quantidade de negociações que chegaram a US$ 2,4 bilhões, conforme dados do DappRadar.

As rodadas de séries A e B da OpenSea em 2021 foram lideradas pela Katie Haun, quando ela ainda era sócia da Andreessen Horowitz (a16z), e chegou a participar do conselho de diretores da empresa que mantém seu foco em tokens não-fungíveis. Com base em informações de seu mensageiro, Haun chegou a participar da rodada de investimentos da OpenSea através da sua atual empresa, a KRH. A informação comprova divulgações de que havia uma rodada de investimentos tendo participação da Haun.

 

Foto destaque: Logo OpenSea. Reprodução/Cointribune

LEIA MAIS

Deixe um comentário