Notícias

Onça-pintada é vista com filhote no Parque Nacional do Iguaçu

Onça-pintada, Indira, e filhote são registrados andando por trilha no Parque Nacional do Iguaçu, no Paraná. O projeto, que flagrou o momento, diz que onça deve ter aproximadamente quatro meses.

3 min de leitura
12 Out 2022 - 15h46 | Atualizado em 12 Out 2022 - 15h46

Um filhote de onça-pintada é flagrado ao lado de mãe no Parque Nacional do Iguaçu, no Paraná. As imagens foram captadas por uma câmera do Projeto Onças do Iguaçu, que monitora os animais na região de Foz do Iguaçu.

No primeiro registro do filhote com a mãe, que ocorreu em setembro, eles foram vistos na estrada que passa dentro do Parque Nacional. As imagens desta semana mostram a dupla caminhando vagarosamente por uma trilha do Parque Nacional. A localização dos animais não é divulgada por questões de segurança. É estimado que o recém-nascido tem entre dois e três meses de idade e segundo o projeto e ainda não é possível identificar o sexo do pequeno animal.


Vídeo divulgado de mãe e filhote vagando pelo Parque Nacional de Iguaçu. (Reprodução/Instagram)


A onça-mãe, Indira, é monitorada pelo projeto Onças do Iguaçu desde 2018, quando ainda era bebê. Em 2020, ela foi registrada com seu outro filhote, Aritana. Em 2021, mãe e filho atacaram o recinto de flamingos no Parque das Aves, em Foz do Iguaçu, com o intuito da mãe ensinar o filho a caçar. Indira foi vista em maio deste ano, grávida, perto das quedas das Cataratas do Iguaçu.

Cada onça é identificada por meio da análise das pintas do corpo, pois cada animal tem a sua, como se fosse uma impressão digital. Além disso, o projeto gaúcho disse que os filhotes ficam com a mãe até cerca de dois anos de idade, depois eles vão estabelecer seus próprios territórios.


Imagem da Indira, onça-pintada mãe do filhote registrado. (Foto: Reprodução/Projeto Onças do Iguaçu)


O Projeto Onças do Iguaçu é uma instituição do Parque Nacional do Iguaçu que tem como objetivo conservar a onça-pintada. Segundo eles, ela é a chave principal para a manutenção da biodiversidade na região do Parque, reserva da Mata Atlântica na região oeste do Paraná. O projeto conta com armadilhas fotográficas espalhadas pelo parque que permitem um acompanhamento das onças e monitoramento de outras espécies da fauna.

Em março deste ano, o filhote de aproximadamente quatro anos recebeu um colar de monitoramento para auxiliar o projeto do Parque Nacional do Iguaçu com localização por GPS e transmissão por satélite que foi colocado na onça. De acordo com a coordenadora, Yara Barros, o monitoramento terá duração de um ano.

Foto Destaque: Onça e filhote. Reprodução/Instagram

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo