Notícias

Observatório registra passagem de meteoro em Porto Alegre

Denominado como fireball, o meteoro foi visualizado às 20h47 de ontem, e com sua alta luminosidade, durou cerca de 3 segundos no céu de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

3 min de leitura
06 Abr 2022 - 18h20 | Atualizado em 06 Abr 2022 - 18h20

Um meteoro foi visto caindo pelo céu na noite desta terça-feira (5), na cidade de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. O registro foi feito pelo Observatório Espacial Heller & Jung, que fica localizado no município de Taquara, na Região Metropolitana do Estado.

O meteoro, denominado como “fireball” (bola de fogo) foi registrado às 20 horas e 47 minutos na região Sul da Capital gaúcha, segundo informações divulgadas pelo coordenador do observatório, o pesquisador Carlos Fernando Jung. “Apesar do céu estar nublado foi possível fazer o registro de um meteoro que teve alta intensidade (brilho) com magnitude de -7. O meteoro foi extinto há 40 Km de altitude sobre Porto Alegre e teve a duração de 3 segundos”, ressaltou Jung.

Segundo o colaborador da Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros (Bramon), Marcelo Zurita, o fragmento tinha o tamanho de uma laranja e foi consumido ao adentrar a atmosfera terrestre. "Pela luminosidade, a gente perde a noção da distância, parece que ele caiu logo ali, na casa do vizinho, mas na verdade ele foi muito distante e muito alto na atmosfera ainda, provavelmente lá no meio do Paraguai", disse.


Registro da queda, monitorado pelo Observatório (Vídeo: Reprodução/ Observatório Espacial Heller & Jung)


Ele explicou, ainda, o motivo pelo qual foi possível ver tanta luminosidade no céu. "O meteoro ocorre quando o fragmento de uma rocha espacial atinge a atmosfera da Terra em alta velocidade. Devido a esse fator, ele comprime o ar atmosférico a sua frente e isso faz com que ocorra uma bola de plasma no entorno dessa rocha espacial. O plasma é o gás aquecido e ionizado", disse.

De acordo com o observatório espacial, não foi possível analisar e identificar a qual corpo celeste o meteoro pertencia, o que significa que o fragmento pode fazer parte de algum asteroide ou cometa que permanece desconhecido pelos pesquisadores.

 

Foto Destaque: Momento exato em que o meteoro ilumina o céu nublado de Porto Alegre.Reprodução/ Observatório Espacial Heller & Jung

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo