Tech

O valor que as empresas pagam pela inovação

Há determinadas características que são fundamentais para que o ato de inovar traga resultados positivos, é preciso realizar etapas importantes nesse processo.

3 min de leitura
14 Mai 2022 - 11h30 | Atualizado em 14 Mai 2022 - 11h30

Após determinada organização perceber que o ato de buscar inovar torna-se imprescindível, é importante reconhecer que os negócios dependem desse ato estratégico para a atualidade, e depois dessa descoberta o passo seguinte é desenvolver inúmeras averiguações. Entender essas etapas está atrelada a compreender o valor que a inovação tem, claro, sem excluir as vontades e ambições presentes nas estratégias e na instantaneidade que as entregas devem ter.

Convém lembrar que, não há 100% de probabilidade de que as ideias inéditas executadas trarão resultados significativos. outro fator que pode ocorrer é o fato de que a atitude em inovar tem a possibilidade de gerar resultados positivos mesmo nos casos de investimentos onde não há uma exata garantia de retorno, e percebe-se que as consequências esperadas que ocorrem elas são provenientes de um processo a longo prazo, uma vez que a trajetória depende não somente de erros, como também de acertos. 

Vale ressaltar que, a empresa encontra razões para explicar o motivo pelo qual  é preciso parar de inovar para realizar alguma ação mesmo antes de iniciar, ou seja, é muito importante primeiramente investir em qualificação, adquirir um novo aparato tecnológico e possuir uma assinatura em uma nova plataforma. Ocorre muito desse processo descrito ocorrer de modo inconsciente, o que significa que é um ciclo no qual o fator preponderante tornou-se o comodismo. Ou seja, a organização permanece extremamente inerte por inúmeras razões, dentre elas, pelo simples temor de tomar uma nova atitude, o que gera consequências negativas.


Inovação (Foto: Reprodução/ Pixabay)


Há determinadas características que são fundamentais para que o ato de inovar traga resultados positivos, há a necessidade de realizar etapas como: ter a presença de pessoas, passar por determinados processos, aquirir aparatos tecnológicos, e por último, gerar um produto que precisa atender a demanda que há no mercado. É notório que para que haja todo esse processo, é necessário ocorrer investimentos. Um fator negativo surge pelo fato de mesmo tendo todo esse planejamento, mas a execução dos planos não ocorrem na prática devido a motivos que não permitem que sejam exequíveis.

É crucial entender que o investimento pouco não significa necessariamente que o projeto não será significativo ou que não tem valor, quando se comparados com algo mais caro. As vezes um produto pode ser de melhor qualidade mesmo sendo mais simples.

Um exemplo dessa tese é o próprio Instagram, na sua primeira versão o nomo do app era Burbn, e se caracterizava por possuir uma gama de recursos que não tinham tanta utilidade. Com isso, os criadores do app pensaram em como resolver esse problema e procuraram otimizar a ferramenta, tornando-a bem mais simples, a ponto de fazer de uma simples foto tirada em casa se tornar em algo muito belo em poucos instantes. Esse fator trouxe consequências tais como: nos quatro meses após ter realizado a mudança do aplicativo tornando-o mais simples e eficaz, o Instagram adquiriu em torno de 2 milhões de usuários.

 

Foto Destaque: Cartaz com o nome Innovation. Reprodução/ Pixabay.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo