Notícias

Novo registro mostra 69 mortes e 22,6 mil casos de Covid-19 em 24 horas

O estado de São Paulo apresenta o maior número de mortes, seguido do Rio de Janeiro e Minas Gerais. Acre, Amapá, e Roraima, consecutivamente possuem menor números de óbitos pelo COVID-19.

3 min de leitura
25 Nov 2022 - 12h31 | Atualizado em 25 Nov 2022 - 12h31

Os dados registrados pelo ministério da saúde nas últimas 24 horas dos dias (23) para o dia (24) de novembro, mostram 22.637 novos casos de infectados e 69 mortes pelo vírus da Covid-19. Até o momento, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado, o Brasil possuí 689.341 mortes pela doença.

O boletim ainda informa que 34.189.924 pessoas se recuperam do vírus, e mais de 228.408 casos de covid estão em acompanhamento.

Os estados que registraram maior elevação de casos, de acordo com os dados disponíveis, tem São Paulo liderando com números que chegam a 6,18 milhões, seguido por Minas Gerais (3,9 milhões) e Paraná (2,77 milhões). O menor número de casos é registrado no Acre (153,14 mil). Em seguida, aparecem Roraima (177,52 mil) e Amapá (180,68 mil).



Boletim Covid-19, 24 de novembro 2022 (Foto: Reprodução/Ministério da Saúde) 


O levantamento registrado, não consta atualização do Distrito Federal e dos seguintes estados: Acre, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rondônia, Roraima e Santa Catarina.

O aumento de mortes subiu consideravelmente, e os dados mais recentes disponíveis mostram que o estado de São Paulo apresenta o maior número (176.102), seguido de Rio de Janeiro (76.023) e Minas Gerais (63.943). O menor total de mortes situa-se no Acre (2.029), Amapá (2.165) e Roraima (2.176).

Além do ritmo de crescimento das infecções que se intensifica há mais de um mês, as vacinações seguem ocorrendo em todo país, até essa quinta-feira, foram aplicadas  492,303 milhões de doses de vacinas contra a covid-19, sendo 180,87 milhões como primeira dose e 163,29 milhões como segunda dose. A dose única foi aplicada em 5,024 milhões de pessoas. Outras 100,94 milhões já receberam a primeira dose de reforço, e 37,33 milhões receberam a segunda dose de reforço. 

Foto destaque: Teste de diagnóstico covid-19. Reprodução/ Marcelo Queiroga 

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo