Saúde

Novo estudo indica que retirar o ovário antes da menopausa aumenta risco de Parkinson

A retirada do ovário pode ser necessária devido a uma série de fatores, mas um novo estudo revelou que se ela ocorrer antes da menopausa são maiores as chances de desenvolver Parkinson

3 min de leitura
09 Nov 2022 - 21h49 | Atualizado em 09 Nov 2022 - 21h49

A retirada do ovário é uma prática bastante comum entre as mulheres, ela pode decorrer de uma série de fatores, no entanto, um novo estudo revelou que se a retirada ocorrer antes da menopausa são maiores as chances da mulher desenvolver a doença de Parkinson.

O Parkinson é uma doença neurodegenerativa crônica que afeta a mobilidade do indivíduo, causando rigidez muscular, movimentos mais lentos, desequilíbrio, tremores bastante característicos e alterações na escrita e na fala, a doença vai se tornando cada vez mais grave ao longo do tempo e não há tratamentos efetivos contra ela.

Segundo dados da OMS - Organização Mundial da Saúde - cerca de 1% da população mundial com idade superior a 60 anos sofre com a doença, apenas no Brasil estimativas indicam que mais de 200 mil pessoas sejam acometidas pelo mal.


Novo estudo indica relação entre a retirada do ovário e o surgimento de Parkinson (Foto: Reprodução/Funcionalidade)


O estudo foi conduzido por um grupo de pesquisadores de Minnesota que analisaram dados de mais de 5 mil mulheres, dentre as quais a metade havia sido submetida à chamada ooforectomia bilateral, a remoção cirúrgica dos dois ovários.

Foram encontradas evidências que indicavam que aquelas que tiveram os ovários removidos antes do período da menopausa, por volta dos 43 anos de idade, tiveram cerca de cinco vezes a mais de chances de desenvolverem Parkinson se comparados com mulheres que não haviam passado pelo procedimento.

O estudo ainda indicou que dentre as mulheres que desenvolveram o Parkinson, cerca de 1% foram diagnosticadas diretamente com a doença, enquanto 1,5% foram diagnosticadas com as chamadas doenças parkinsonianas, que são variações do mal de Parkinson.

 

Foto Destaque: Retirada precoce de ovário pode estar ligada ao surgimento de Parkinson (Foto: Reprodução/Razões para Acreditor)

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo