Notícias

Nova funcionalidade do Instagram destaca trabalho de empreendedores negros

Novo rótulo do Instagram é criado com intuito de facilitar as buscas por serviços e produtos desenvolvidos por empreendedores negros. A nova funcionalidade "Empreendedores Negros" é vista com bons olhos pelos empresários negros.

3 min de leitura
04 Dez 2021 - 07h47 | Atualizado em 04 Dez 2021 - 07h47

O Instagram lançou, em meados de novembro, uma nova funcionalidade que evidencia o trabalho de empreendedores negros  e negras. O novo recurso é um rótulo que pode ser fixado na biografia da página, logo abaixo do nome de usuário da loja ou negócio do empreendedor(a).  Criado com o intuito de facilitar as buscas realizadas pelos potencias clientes que optam por  empresas  que são comandadas por pessoas negras e que oferecem serviços e produtos para esse grupo. A iniciativa tem uma grande potencialidade de gerar laços e conexões entre pessoas que podem se tornar futuros clientes, e empresas que trabalham com esse nicho.

 


Angélica Ramos influenciadora digital/empreendedora (Foto: Reprodução/instagram)


A nossa coluna conversou com Angélica Ramos influenciadora digital, empreendedora e ex  participante do BBB (2015) e, mais recentemente, participou também do  reallity "No limite", ambos produções da Globo e falou do valor que o novo recurso da plataforma trouxe para a comunidade negra. "Essa ferramenta é de extrema relevância para nosso povo preto, infelizmente o mercado comercial e publicitário ainda ousa sabotar nosso povo uma vez somos sim uma super potência quando se trata de empreendedorismo. Acredito que esse movimento do instagram venha fortalecer o empreendedorismo preto mas acredito que mais do que isso é necessário conscientizar as pessoas de forma geral que o preto é sim um povo consumerista e que tem sim um grande poder de compra", enfatizou ela.  Nesse sentido, Falando ainda sobre empreendedorismo negro e mercado econômico brasileiro, segundo o  site Mundo Negro, a comunidade negra brasileira movimenta 1,7 trilhões de reais por ano.


Perfil de Angélica Ramos (Foto: Reprodução/instagram)


A  influenciadora digital e empreendedora, Débora Luz,  que acumula masi de 150 mil seguidores no instagram, vai na mesma linha de pensamento pontuada por Angélica Ramos. A micro-empresária afirma que sempre apoiou o empreendedorismo negro e fundou, em 2017, o "Clube da Preta", uma empresa pioneira de assinatura de moda periférica. 


Débora Luz sócia da Clube da Preta (Foto: Reprodução/instagram)


 

" Criamos o clube da preta,  que é um clube de assinatura que gera imapcto social, pois todos os intens que vão dentro da caixa, são todos produzido por pessoas pretas da periferia. Em relação ao instagram ser um rede de potência, o nosso instagram vive de altos e baixos em relação ao alcance. Essa ferramenta ainda não foi liberada para todos os empreendedores negros, mas, toda vez que vou procurar empresas para agregar ao Clube da Preta, eu também procuro pela ferramenta do instagram", pontuou. 

Página da Clube da Peta espera o selo (Foto: Reprodução/instagram)


 

https://lorena.r7.com/post/Em-semana-do-Dia-da-Consciencia-Negra-caso-de-racismo-recebe-punicao-leve

https://lorena.r7.com/post/20-de-novembro-A-voz-preta-no-esporte

https://lorena.r7.com/post/Sao-Paulo-rejeita-camisa-da-Adidas-sobre-mes-da-Consciencia-Negra

 


 

 

 

Opô Yalojá uma das lojas que foi disponibilizado o selo (Foto: Reprodução/instagram)


O instagram contou com a parceria de dezenas de empreendedores negros que avaliaram o novo rótulo e começaram a usar o selo  antecipadamente.


Raiz Black com o selo de " Empreendedores  Negros" na bio( Foto: Reprodução Instagram)


  Neste sentido, Priscila Dantas que empreende no ramo de cabelos crespos, cacheados e tranças, diz que apesar do rótulo ainda não estar disponível para todos os empreendedores, ele é muito importante pelo seguinte motivo: "Como trabalhamos com empoderamento  por meio da autoestima e aceitação dos cabelos reais, essa inciativa é bem importante pra gente. Ter esse selo de empreendedor negro em nosso perfil, gera identificação por parte do público alvo e também, de certa forma,  mais um passo para reforçar nossa identidade com as nossas raízes", afirmou Priscila. 


Perfil do empreendimento de Priscila ainda sem o selo( Foto: Reprodução/instagram)


É importante ressaltar que, uma pesquisa realizada pela Pretahub (2019) apontou que mais de 50% dos empreendedores brasileiros são negros. Os motivos pelos quais pessoas pretas querem empreender são diversos. Segundo o estudo,  46% dos entrevistados responderam que um desses fatores é a dificuldade de ingresso no mercado de trabalho. 

Foto Destaque: selo do instagram para empreendedores negros. Foto/ Repodução/ Olhar Digital

 

Deixe um comentário