Saúde

Nó muscular: entenda os sinais e conheça os tratamentos para a condição

Ponto doloroso ou sensível, os nós musculares muitas vezes acontecem na parte superior das costas ou pernas. Geralmente não são prejudiciais, mas certamente podem ser desconfortáveis e deixam a região apertada e dolorida.

3 min de leitura
17 Ago 2022 - 16h42 | Atualizado em 17 Ago 2022 - 16h42

Os nós musculares são áreas duras e sensíveis dos músculos que se contraem mesmo quando eles estão em repouso. Essas fibras musculares tensas podem causar dor em outras partes do corpo quando tocadas. Também são conhecidas como “pontos de gatilho” e podem ser causados por um estilo de vida sedentário, uso excessivo ou lesão dos músculos e má postura.

Desidratação, hábitos alimentares pouco saudáveis, aliados a estresse e ansiedade também podem contribuir para os nós musculares. Eles podem ocorrer em qualquer parte do corpo, mas são geralmente encontrados nas costas, ombros e pescoço, muitas vezes aparecendo também em seus músculos glúteos.

Esses nós podem causar sensações dolorosas e dor nos músculos e articulações. Quando se toca um nó muscular, ele pode ficar inchado, tenso ou irregular. Também pode parecer apertado e contraído, mesmo quando se está tentando relaxar, e eles são muitas vezes sensíveis ao toque. A área afetada pode até ficar inflamada ou inchada.

Os nós musculares podem causar sintomas em áreas exteriores aos músculos, incluindo dores de cabeça, de dente e de ouvido. Pode se sentir também estresse, ansiedade e depressão, além de dificuldade para dormir ou mesmo nenhum sono.


Nós musculares incomodam pessoas de todas as idades. (Foto Reprodução/Piedmont)


Tratar os nós musculares pode levar tempo. Para se livrar deles, a pessoa precisará quebrar o tecido atado e acalmar os nervos inflamados, além de permitir que seu corpo descanse. Realizar uma pausa em qualquer atividade que esteja causando os nós ou que aumente a dor ou desconforto também é recomendado.

Alongamentos suaves que alongam os músculos podem ajudar a liberar a tensão do corpo. O ideal é não forçar em nenhuma posição ou fazer qualquer coisa que cause dor. Para obter melhores resultados, segurar os alongamentos por pelo menos 30 segundos e soltá-los lentamente para reduzir o risco de lesão é o indicado.

Em casos mais graves, a fisioterapia pode ser recomendada. Um fisioterapeuta pode ajudar a identificar as causas subjacentes dos nós musculares. Eles vão tratar a dor usando tratamentos apropriados para cada caso e o paciente aprenderá técnicas que reduzirão a dor e evitarão que ela se repita.

Os nós musculares não tratados podem causar dor crônica e levar a outros problemas de saúde. O ideal é consultar um médico caso tenha tomado medidas para aliviar a dor muscular, mas ela persiste, bem como se a dor se tornar grave e estiver interferindo na vida diária e no bem-estar.

É possível que o que parece ser um nó muscular possa ser outra coisa, como um linfonodo inchado. Geralmente, haverá outros sintomas que acompanham essa condição, como resfriado, tosse ou infecção. A recomendação é verificar com um médico, fisioterapeuta ou osteopata caso queira ter certeza de que é um nó muscular e não outra coisa. Esses profissionais podem determinar possíveis causas para a dor.

Foto destaque: Nós musculares afetam várias áreas, entre elas o pescoço. (Reprodução/CHPR)

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo