Celebridades

Morre Gal Costa, emblema da música brasileira, aos 77 anos

A informação do falecimento foi confirmada pela assessoria de imprensa da cantora e ainda não apresenta a causa. Gal Costa faria uma apresentação no festival Primavera Sound, mas precisou cancelar sua participação por motivos de saúde.

3 min de leitura
09 Nov 2022 - 12h56 | Atualizado em 09 Nov 2022 - 12h56

Gal Costa, uma das maiores figuras representativas da música popular brasileira, faleceu na manhã desta quarta-feira (9), aos 77 anos, na cidade de São Paulo. A informação do falecimento foi confirmada através da assessoria de imprensa da cantora. 

A causa da morte de Gal ainda não foi informada. A cantora tinha sido confirmada como uma das atrações do festival Primavera Sound, que aconteceu nesse último final de semana na cidade de São Paulo, mas precisou cancelar a sua participação de última hora por motivos de saúde. A equipe emitiu um comunicado agradecendo ao carinho do público e futuras informações sobre o velório e sepultamento.

Confira a seguir:


Equipe de Gal Costa agradece carinho do público. (Reprodução/Twitter)


Em setembro, Gal Costa passou por uma cirurgia de remoção de nódulo na fossa nasal direita. Desde então, a grande voz da MPB precisou se afastar dos palcos. O período de recuperação deveria se extender até o mês de novembro. As datas da sua turnê “As Várias Pontas de uma Estrela” já haviam sido marcadas para dezembro e janeiro. 

Nas redes sociais, famosos prestaram suas homenagens. 

Confira abaixo algumas das mensagens e publicações:


"Triste e impactado", Gilberto Gil sobre morte de Gal Costa. (Reprodução/Twitter)


Zélia Duncan lamentou a morte de Gal Costa. (Reprodução/Twitter)


Juliette reforçou o papel eterno de Gal Costa para a cultura brasileira. (Reprodução/Twitter)


O presidente Lula prestou sua solidariedade com familiares e amigos da cantora. (Reprodução/Twitter)


Padre Fábio de Melo também demonstrou sua tristeza com a partida de Gal Costa. (Reprodução/Twitter)


Maria da Graça Costa Penna Burgos, batizada e apresentada ao seio cultural como Gal Costa, surgiu dentro do cenário musical durante a década de 1960. A voz potente e delicada, admirada e reconhecida internacionalmente, foi responsável por mudanças significativas no modo de pensar e fazer música brasileira. 

Gal gostava de tocar violão e cantar em festas da Salvador, sua cidade natal. Desde muito nova sempre foi incentivada pela mãe a seguir na carreira musical. Grande companheira dos artistas Caetano Veloso, Maria Bethânia e Gilberto Gil, Gal também fez parte do grupo Doces Bárbaros, reconhecido por fazer parte do movimento de contracultura da década de 1970.

O álbum "Tropicália ou Panis et Circensis", no qual teve sua participação ao lado de Caetano Veloso e Gilberto Gil, é considerado a pedra angular do movimento tropicalista. A voz, que se tornou muito popular ao interpretar a canção “Modinha para Gabriela”, deixa um legado de revolução e amor pela brasilidade.

Foto destaque: Gal Costa em turnê "As Várias Pontas de uma Estrela". Reprodução/Camila Alcântara/Instagram.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo